Como citar o grupo Racionais MC’s na sua redação

Beatriz Kalil Othero Dicas de Redação

Recentemente, a Unicamp anunciou que o álbum Sobrevivendo no Inferno (1997), dos Racionais MC’s, está entre as obras obrigatórias para o Vestibular deste ano. O disco possui músicas críticas que denunciam o racismo e a carência de oportunidades para quem vive na favela. Uma curiosidade interessante: é a primeira vez  que a Universidade inclui uma produção musical na lista.

Abaixo, listamos algumas canções do álbum, que é crucial não só no vestibular, mas também na conscientização do ser humano. Além disso, elas também podem ser citadas na sua redação, para agregar mais bagagem cultural ao seu texto. Confira:

Rapaz Comum

O trecho abaixo retrata a violência – muito ligada ao racismo – que existe em muitas favelas brasileiras.

Quantos manos iguais a mim se foram?
Preto, preto, pobre, cuidado, socorro!
Quê que pega aqui? Quê que acontece ali?
Vejo isso frequentemente, desde moleque.

Diário de Um Detento

Os versos a seguir simbolizam a negligência do Estado e da polícia com a situação extremamente precária do sistema carcerário brasileiro.

Ladrão sangue bom tem moral na quebrada.
Mas pro Estado é só um número, mais nada.
(…)
Cachorros assassinos, gás lacrimogêneo…
quem mata mais ladrão ganha medalha de prêmio!

Qual Mentira Vou Acreditar

A música critica a ação truculenta da polícia, que é baseada, sobretudo, no racismo. No trecho abaixo, há a denúncia em relação ao agressor que nega ter o preconceito, mesmo que esse seja explícito.

Quem é preto como eu, já tá ligado qual é, nota fiscal, RG, polícia no pé.
“Escuta aqui, o primo do cunhado do meu genro é mestiço,
Racismo não existe, comigo não tem disso,
É pra sua segurança”. “Falou, falou… Deixa pra lá.
Vou escolher em qual mentira vou acreditar”.

Esperamos que goste e reflita com as músicas! Boa produção 🙂

VEJA TAMBÉM: 8 DICAS DE CONCENTRAÇÃO

Vamos debater sobre?