10 erros de redação mais cometidos pelos estudantes

Roberta Firmino Dicas de Redação

Quem está se preparando para o Enem sabe do peso e da importância da redação para a sua nota final. Essa prova é responsável por 20% da pontuação total do Exame e é o que acaba definindo, para muita gente, se será possível ou não entrar para o curso dos sonhos.

Mas essa situação não acontece apenas no Enem. Em outros vestibulares, concursos, demais processos seletivos ou até mesmo no próprio ambiente escolar, saber fazer um bom texto pode te trazer enormes benefícios.

E, para isso, o primeiro passo é conhecer quais são os principais erros de redação e evitá-los ao máximo. Assim, você não tem a sua nota descontada e aumenta as suas chances de alcançar a pontuação máxima.

Para te ajudar, separamos os 10 erros de redação mais cometidos pelos estudantes e alguns conteúdos para te ajudar a evitá-los. Confira!

Quais são os erros de redação mais cometidos?

Aqui na Imaginie, nós recebemos uma média de 35 mil redações por mês que são produzidas por pessoas que estão estudando para o Enem, outros vestibulares (como Fuvest, Unesp e Unicamp) e concursos no geral. 

Essas redações são avaliadas criteriosamente por nossa equipe de corretores e enviadas, com as correções e comentários, para os estudantes.

A partir disso, já dá para imaginar o quanto conhecemos as redações dos estudantes brasileiros, certo?

Como o nosso objetivo é te ajudar a produzir textos excelentes, nós reunimos as informações que temos em mãos para descobrir quais são os erros de redação mais cometidos pelos estudantes e saber como podemos ajudá-los.

E agora você poderá ver o resultado! Confira, abaixo, quais são os 10 erros de redação mais comuns e como evitá-los em sua própria produção textual.

1. Ausência de vírgula

Nós sabemos que as regras de uso da vírgula são muitas e que, dentre tantas normas gramaticais, muitas vezes não damos a devida atenção a elas. Mas, agora que você já sabe que esse é um dos erros de redação mais cometidos, que tal dar mais atenção a esse importante elemento da produção textual?

A vírgula é fundamental para marcar pausas na leitura, enfatizar termos ou expressões e tem um papel muito importante para evitar ambiguidades no texto. Por isso, é fundamental saber utilizá-la corretamente em sua redação

Afinal, já pensou se você se esquece de colocar uma vírgula em uma oração e ela acaba recebendo um sentido completamente diferente? Isso tornará o seu texto confuso e impactará em sua nota. E olha que essa é só uma das consequências desse erro!

Para te ajudar, preparamos este artigo sobre a utilização da vírgula. Você saberá quando deve utilizá-la e quando não inseri-la no texto de forma nenhuma!

2. Grafia

Erros ortográficos são muito comuns, mas isso não quer dizer que eles sejam aceitáveis em um exame importante como é o Enem! Afinal, esse tipo de erro demonstra falta de conhecimento sobre a norma culta da língua portuguesa e, consequentemente, descredibiliza muito o seu texto. 

A principal dica para que você não erre mais a grafia das palavras é a leitura. Já comece a investir nisso, ok? Listamos outras 5 dicas em nosso post sobre o que fazer para não errar mais a grafia das palavras. Não deixe de conferir!

3. Ausência de conectivos

Os conectivos são fundamentais para garantir a coesão do seu texto. Eles auxiliam para que o encadeamento das ideias seja bem feito e para que as orações e parágrafos sejam bem articulados. Isso garantirá que o seu texto tenha um sentido como um todo para o leitor, fazendo com que ele atinja o seu objetivo.

Porém, mesmo com tanta importância, muitas pessoas deixam de utilizá-los e isso acaba se tornando mais um dos erros de redação mais cometidos.

Mas não se preocupe! Também preparamos um post sobre como usar os conectivos na redação para tirar todas as suas dúvidas e você não errar mais.

4. Ausência de acentuação

Em quarto lugar na lista dos erros de redação mais cometidos está ela: a acentuação! Esse é outro elemento com os quais os alunos costumam ter bastante dificuldade, principalmente porque possui muitas regras sobre a sua utilização.

Além disso, o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa realizou algumas alterações que costumam levantar dúvidas até hoje. Mas calma! Também preparamos um artigo com todas as regras de acentuação para você aprender de vez.

5. Falta de profundidade nos argumentos

Caso você ainda não saiba como a sua redação é avaliada, é importante conhecer as competências do Enem! Trata-se de um conjunto de critérios que definem como a produção textual é pontuada na prova.

De acordo com a competência III, é necessário que você reflita criticamente sobre o tema proposto e não deixe margens para questionamentos sobre o que você defende. Nesse ponto, muita gente acaba deixando a desejar por não se aprofundar suficientemente na argumentação e acabar não defendendo o seu ponto de vista criteriosamente.

Não quer cair nesse erro? Então, confira o nosso artigo sobre como aprofundar a sua argumentação!

6. Ausência de fatos e dados

Uma das formas de fundamentar os seus argumentos, garantindo-lhes credibilidade, é por meio da apresentação de fatos e dados. Porém, muita gente acaba não utilizando essas informações na redação por diversos motivos: porque não se lembram de dados pertinentes ou não sabem como inseri-los na redação, por exemplo.

Mas nós vamos te ajudar! Separamos 5 sites confiáveis para pesquisar dados e te mostramos como apresentá-los em sua redação aqui no blog. É só conferir!

7. Repetição de conectivos

Lembra que em terceiro lugar dos erros de redação mais cometidos estava a ausência de conectivos? Pois então, agora esses elementos aparecem mais uma vez em nossa lista por conta da repetição.

Nesse ponto, a leitura também pode te ajudar e muito! Afinal, essa prática é uma forma de você aumentar o seu vocabulário.

Mas nós também fizemos uma lista de conectivos para redação. Você pode utilizar esse conteúdo sempre que estiver praticando, que tal? Logo você irá gravar grande parte deles e aumentar o seu repertório!

8. Proposta de intervenção sem indicação de modo/meio

A proposta de intervenção do Enem deve apresentar os agentes que colocarão a ação em prática, os seus propósitos e o modo ou meio como ela será colocada em vigor. E muita gente acaba deixando de lado justamente esse último elemento!

Se a sua proposta de intervenção não possui um modo/meio de ser colocada em prática, significa que ela está incompleta, e isso trará consequências ruins para a sua nota.

Para não correr esse risco, que tal conferir o nosso artigo com 6 dicas sobre como fazer uma boa proposta de intervenção?

9. Proposta de intervenção sem detalhamento

Em oitavo lugar na nossa lista de erros de redação mais cometidos está, novamente, a proposta de intervenção. Agora, o que se destaca é a falta de detalhamento nessa etapa essencial da construção do texto para o Enem.

Como colocamos no tópico acima, o meio como a proposta de intervenção será colocada em prática é apenas um dos elementos necessários. Porém, para que ela esteja completa, é necessário que você faça um detalhamento que confirme a sua viabilidade.

Nós também produzimos um artigo sobre como fazer uma proposta de intervenção da melhor forma e você pode conferir aqui!

10. Uso incorreto da vírgula

Quando a vírgula é utilizada no texto, muitas vezes isso é feito de forma incorreta. Muita gente erra em seu uso com as palavras “pois” e “e”, por exemplo. O ideal é que você estude as suas regras e pratique bastante para tê-las em mente no momento da prova!

Agora que você já conhece os principais erros de redação e como evitá-los, com certeza está mais preparado para alcançar uma nota excelente! E, para colocar todas as dicas que te demos em prática, baixe a nossa folha de redação guiada gratuitamente!

Banner de divulgação do modelo de redação guiada para quem quer saber como estudar para o Enem. O banner direciona para o link de cadastro a seguir: http://conteudo.imaginie.com.br/folha-de-redacao-guiada?utm_source=blog&utm_medium=artigo-erros-de-redacao&utm_campaign=material%20rico&utm_content=banner

Vamos debater sobre?