Redação: O aumento da depressão entre os jovens no Brasil

Carla Gobb Exemplo de redação

Veja exemplo de redação sobre o tema: O aumento da depressão entre os jovens no Brasil.

O aumento da depressão entre os jovens no Brasil representa um desejo a ser enfrentado de forma mais organizada pela sociedade. Isso se evidencia não só pelo aumento dos casos de suicídio no país, como também pela fluidez das relações no século XXI, causada pela enfermidade do fenômeno das redes sociais. Sob essa perspectiva, faz-se necessário discutir os principais fatores dessa problemática para a coletividade.

De acordo com o Mapa da Violência de 2017, o número de suicídios entre jovens de 15 a 29 anos aumentou em 10% desde 2002. Entre as principais causas para que isso ocorra está a depressão que representa um sofrimento na vida do jovem que passa por questões relativas à convivência em grupo, identificação pessoal, escolha profissional, problemas familiares, dentre outras. Nesse sentido, por não aguentarem a pressão social que lhes é exercida, o jovem acaba vendo como única saída para solução dos seus problemas dar fim à sua vida.

Nesse viés, o conceito da “modernidade líquida”, criado pelo sociólogo polonês Zygmunt Bauman, pode tentar explicar as ocorrências de depressão na juventude brasileira. Para o teórico, vivemos em um momento de substituição de valores coletivos por valores individuais, e as relações se dão por meio de conexões fluidas que podem ser desfeitas com muita facilidade. Assim como a água, as ligações interpessoais não têm forma concreta o que pode estar contribuindo para a solidão do jovem.

Além disso, o fenômeno das redes sociais causa uma sensação de expectativa de vida que deve ser alcançada por todos e na maioria das vezes não corresponde à realidade. Nessas redes, a vida parece perfeita, as pessoas são felizes, as viagens são deslumbrantes e o consumismo é valorizado. O jovem que, por sua vez, não se vê inserido nesse contexto imagina que a existência não faz sentido, caso este padrão não seja atingido e, portanto, ao se encontrar em situação de vazio existencial e exclusão da sociedade entra em depressão.

Sendo assim, medidas devem ser tomadas com o propósito de amenizar esta problemática. O Ministério da Saúde deve fornecer tratamentos psicológicos inserindo um maior número de profissionais dessa área no Sistema Único de Saúde (SUS), por meio da redistribuição das verbas da saúde, a fim de resolver a depressão como uma patologia. Paralelamente à isso, as ONGs e Instituições Religiosas podem oferecer auxílio psicológico e espiritual a esses jovens, por meio de eventos de ampla divulgação midiática, com o fito de dar base existencial e mostrar novas possibilidades a eles.

Gostou? Veja o tema de redação e escreva a sua! 😉

Bons estudos!

Vamos debater sobre?