Senão ou se não: fotografia de uma mulher escrevendo em uma folha.

Entenda se você deve usar senão ou se não em sua redação

Roberta Firmino Dicas de Português

Provavelmente você já confundiu o uso de alguma palavra com outra parecida em uma redação. E, apesar de parecer pequeno, esse erro pode gerar grandes consequências, principalmente se você está preenchendo algum documento ou fazendo uma prova, por exemplo.

No Enem, o domínio da norma culta é uma das 5 competências avaliadas na redação. Por isso, é importante sempre buscar mais conhecimentos e informações para não errar na hora de escrever!

Um desses casos em que muita gente confunde a grafia certa da palavra é em relação à utilização de senão ou se não.

Mas não precisa se preocupar! No artigo de hoje, você vai aprender de forma rápida e simples quando usar cada um desses termos. Vamos lá?

Saiba se você deve utilizar senão ou se não

“Senão” junto e “se não” separado são palavras que existem. O que determinará se a sua redação está correta é o contexto em que está utilizando essas palavras, pois elas possuem significados diferentes.

Você sabe como diferenciar isso?

Entenda quando usar “senão”

Quando você quiser usar o termo no mesmo sentido de “do contrário”, “de outro modo”, “porém”, “caso contrário”, “a não ser”, “mas também” e “mas sim”, você deve escrever “senão”.

Uma maneira fácil de identificar se é realmente o “senão” junto que deve ser utilizado na frase é tentando substituí-lo por alguns dos seus sinônimos que citamos acima. Se for possível, siga em frente!

Fica mais fácil de entender observando os exemplos:

  • “Estude bastante, senão não conseguirá passar no Enem” pode ser substituído por “Estude bastante, do contrário não conseguirá passar no Enem”.
  • “Leve a blusa, senão sentirá frio” pode ser substituído por “Leve a blusa, do contrário sentirá frio”.

Banner de divulgação da Comunidade Imaginie com link para: https://conteudo.imaginie.com.br/comunidade-imaginie-enem-vestibular-redacao?utm_source=blog&utm_medium=post-senao-ou-se-nao&utm_campaign=material-rico&utm_content=banner

Entenda quando usar “se não”

Já o “se não” separado você deverá utilizar quando quiser expressar a ideia de “caso não” ou “quando não”.

Assim como no tópico anterior, você pode substituí-lo por seus sinônimos para verificar se está usando o “se não” certo. 

Quer ver?

  • “Não fui eu se não der certo” pode ser substituído por “Não fui eu caso não der certo”.
  • Se não fosse meu professor, não teria passado no Enem” pode ser substituído por “Caso não fosse meu professor, não teria passado no Enem.”

Coloque seus conhecimentos em prática

Deu para pegar o macete, né? Lembre-se sempre: se puder substituir por “caso não” ou “quando não” é separado (se não). “Do contrário” é só usar junto (senão). Entendido?

Mas, lembre-se, a gente não consegue aprender um conhecimento de fato se não o colocarmos em prática.

Então, agora que você já sabe se deve usar senão ou se não em suas redações, que tal baixar a nossa folha de redação guiada gratuitamente e começar a treinar os seus textos com as nossas dicas? Bons estudos!

Banner de divulgação do modelo de redação guiada para quem quer saber como estudar para o Enem. O banner direciona para o link de cadastro a seguir: https://conteudo.imaginie.com.br/folha-de-redacao-guiada?utm_source=blog&utm_medium=post&utm_campaign=banner

Vamos debater sobre?