Saiba quando usar a fim ou afim na redação

Roberta Firmino Dicas de português

Você já ficou na dúvida se determinada palavra deve ser escrita de um jeito ou de outro na redação? Inclusive, chegou a ver as duas formas e se perguntou qual delas estava correta? Isso é muito comum e, de fato, deixa a gente confuso na hora de produzir. 

Se você acompanha o nosso blog, já deve ter visto diversos desses casos que abordamos por aqui, como por exemplo: demais ou de mais, acerca de ou há cerca de, dentre outros.

E hoje vamos falar sobre mais um: a fim ou afim?

Entenda quando utilizar cada uma dessas palavras de forma simples e fácil com este post. É só continuar a leitura para não errar mais!

A fim ou afim: qual é a forma certa de escrever?

Tanto “a fim” separado quanto “afim” junto existem. Porém, assim como em grande parte desses termos e expressões parecidas, elas possuem diferentes funções e também são utilizadas em contextos diferentes.

Então, vamos entender se você deve utilizar a fim ou afim?

Entenda quando usar “a fim”

“A fim” separado atua como uma locução prepositiva que dá sentido de finalidade. Por isso, você consegue substituí-la nas orações por expressões como “para”, “com o propósito de” ou “com o intuito de”.

Veja alguns exemplos:

  • “A fim de modificar esta realidade, é necessário que o governo invista em educação.”;
  • “Foi à festa a fim de demonstrar que havia perdoado a amiga.”;
  • “A fim de esclarecer o ocorrido, ligou para o pai.”.

Releia todos os exemplos trocando “a fim” por “para” ou “com o propósito de”. Viu que todas continuaram com o mesmo sentido? 

Então, este é um ótimo macete para você saber quando usar “a fim” separado: quando der para substituir por alguma das expressões acima e manter o sentido da oração, quer dizer que você está utilizando o “a fim” correto.

Mas esse não é o único caso em que o uso de “a fim” separado está correto! Podemos, ainda, utilizá-lo para dizer que se está “com vontade” de algo ou “com interesse” em alguém, por exemplo.

Confira abaixo:

  • “Ele me disse ontem que está a fim de você.”;
  • “Ontem eu queria brigadeiro. Hoje, porém, estou a fim de tomar sorvete.”;
  • “Além disso, estou a fim de tomar um banho antes de ir me deitar.”.

Deu para entender? Então, agora que você já sabe quando utilizar “a fim” separado, vamos para o “afim” junto.

Banner de divulgação da Comunidade Imaginie com link para:https://conteudo.imaginie.com.br/comunidade-imaginie-enem-vestibular-redacao?utm_source=blog&utm_medium=artigo-a-fim-ou-afim&utm_campaign=material-rico&utm_content=banner

Saiba quando usar “afim”

“Afim” junto pode ser utilizado tanto como um adjetivo quanto um substantivo, dependendo da situação em que é empregado.

Como adjetivo, o termo é variável e pode aparecer no plural: afins. Nesse caso, você utilizará “afim” junto quando quiser dar o sentido de semelhante, parecido, similar, análogo, próximo.

Quer ver alguns exemplos de sua aplicação? Confira:

  • “Concordamos, portanto, temos uma opinião afim.”;
  • “Os filhos estudam em escolas diferentes, por isso optou por localidades afins.”;
  • “Temos cores de cabelo iguais, logo, nossas características são afins.”.

Quando atua como substantivo, “afim” junto caracteriza pessoas e coisas que são parentes por afinidade ou partidarismo. Ele significa “afinidade”, “ser adepto”, “aliado”. Nesse caso ele também varia “afins” e é substantivo masculino.

Veja alguns exemplos:

  • “Será uma festa pequena, porém irei convidar funcionários e afins para o coquetel.”;
  • “Irei enviar o e-mail para meus colegas de trabalho e afins.”;
  • “Além disso, comprarei doces, frutas e afins.”.

E aí, agora já dá para ter certeza de quando usar a fim ou afim, certo? Então, aproveite que você já está estudando para conferir o nosso artigo com 10 erros gramaticais que você pode estar cometendo sem perceber!

Vamos debater sobre?