Fotografia de um homem e uma mulher estudando anáfora e catáfora juntos em uma escadaria.

Entenda o que são e para que servem anáfora e catáfora

Roberta Firmino Dicas de Português

Para que o leitor de um texto consiga compreendê-lo como um todo, ou seja, o seu sentido e quais ideias estão sendo transmitidas, é necessário que ele seja coeso.

Esse é um fator fundamental em processos seletivos que exigem redação, como é o caso do Enem. A competência IV do Exame Nacional do Ensino Médio exige que o aluno saiba “demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação”.

Dentro dessa competência, uma importante orientação é a de que o candidato saiba fazer retomadas. É aí que entram os papéis da anáfora e catáfora! Elas te ajudam a referenciar termos, pessoas, coisas, lugares e fatos à medida que o texto vai progredindo.

Assim, você mantém o leitor engajado e consciente do que está sendo abordado na redação e evita repetições.

Então, vamos entender melhor o que é anáfora e catáfora, para que servem e como usá-las? Confira!

Anáfora e catáfora: o que são e para que servem?

A anáfora e catáfora são mecanismos linguísticos que servem para antecipar um termo que será citado ou referenciar uma palavra que já foi anteriormente colocada no texto.

Os termos anafóricos e catafóricos são fundamentais para garantir a coesão do texto. Isso porque a utilização correta desses termos é o que garantirá um encadeamento lógico das ideias, permitindo a compreensão do texto.

Além disso, a anáfora e catáfora impedem a repetição excessiva e muito próxima de palavras, evitando que a redação se torne cansativa, entediante e até mesmo confusa.

Gif mostrando várias fotografias de Kim Kardashian bocejando em seu programa Keeping Up With The Kardashians.

Por último, a utilização correta desses termos no seu texto demonstra domínio dos mecanismos linguísticos e da produção textual.

Então, agora que você já entende a importância dos termos anafóricos e catafóricos, vamos conhecer a diferença entre eles.

Anáfora: o que é?

A anáfora faz referência a um termo ou expressão citado anteriormente no texto. Ou seja, ela é utilizada para a retomada de algo.

Veja alguns exemplos:

  • “O presidente recusou-se a falar com a imprensa. Criticá-lo apenas fez com que a comunicação fosse prejudicada.”   nesse caso, o pronome oblíquo “lo” retoma “presidente”
  • “O Brasil é o segundo maior importador de azeite. O produto é comumente utilizado na culinária do país.” Aqui, o substantivo “produto” retoma e substitui o termo “azeite”.
  • “Mesmo com a economia prejudicada, o que não para de crescer é a indústria da beleza. Esta ainda se mantém projetando crescimentos exorbitantes.” — o pronome “esta” está retomando “indústria da beleza”.

Catáfora: o que é?

Já a catáfora faz referência a um termo que será citado posteriormente no texto. Fica mais fácil de entender visualizando os exemplos:

  • “A reação da sociedade mediante a um possível novo aumento dos preços quer dizer isto: indignação.” — aqui, o pronome demonstrativo “isto” referencia o termo “indignação”.
  • “E lá estava ela, instaurando-se silenciosamente: a maior crise hídrica da história.” — o pronome “ela” faz referência catafórica a “a maior crise hídrica”.

Banner de divulgação da Comunidade Imaginie com link para: https://conteudo.imaginie.com.br/comunidade-imaginie-enem-vestibular-redacao?utm_source=blog&utm_medium=artigo-anafora-e-catafora&utm_campaign=material-rico&utm_content=banner

Mas, afinal, por que é tão importante conhecer a anáfora e catáfora?

Bom, para além dos motivos que já citamos acima, você deve ter em mente que esses mecanismos são fundamentais para estabelecer uma boa ligação entre as orações de um período e entre os períodos de um parágrafo.

Com esses termos, você evita a escrita de períodos muito longos que podem prejudicar a compreensão do que você está querendo dizer e causar confusão durante a leitura da redação.

Saindo um pouco do universo da redação, é fundamental que você conheça esses termos para provas que avaliam questões da língua portuguesa, como é o caso da maior parte dos exames realizados.

E aqui não estamos falando apenas de provas de vestibular. Estamos falando também de avaliações como um todo, como concursos, processos seletivos para empregos, dentre tantas outras.

E então, está se sentindo mais preparado?

Para resumir: quando estiver fazendo referência a um termo citado anteriormente, se trata de uma anáfora. Quando estiver antecipando um termo ou expressão que ainda será citado, é uma catáfora.

Agora que você já sabe o que é anáfora e catáfora, que tal conferir o nosso artigo sobre retomada de ideias na redação do Enem?

Vamos debater sobre?