Têm ou tem? Fotografia de uma mulher com uma expressão de dúvida.

Devo usar têm ou tem em minha redação?

Roberta Firmino Dicas de português

Você sabia que existe uma diferença entre a palavra “tem” acentuada e não acentuada? É uma diferença simples, mas que muita gente tende a errar por desconhecimento. 

Esse é um dos equívocos mais frequentes nas redações, o que leva à perda de pontos no Enem, por exemplo, em relação à competência I

Mas, afinal, é “têm” ou “tem”? Pensando nessa dificuldade comum, preparamos este artigo para que você entenda, de uma vez por todas, quando deve usar o acento ou não. Confira!

Têm ou tem: qual é o certo?

A resposta é: os dois! “Têm” e “tem” são duas formas de conjugação do verbo “ter” no presente do indicativo. Cada uma delas é usada em diferentes situações, de acordo com as pessoas do discurso.

Na redação, essas diferentes formas devem respeitar a uma das regras de concordância verbal. Essa norma diz que o verbo deve concordar em número (singular ou plural) com o(s) substantivo(s) na oração.

Agora que você já sabe que as duas formas estão corretas, dependendo da situação, vamos entender quando usar cada uma delas!

Têm: quando usar?

“Têm” está na 3ª pessoa do plural do presente do indicativo: eles ou elas têm. Isso quer dizer que você colocará “têm” com acento em sua oração quando o sujeito for composto ou estiver no plural.

Confira os exemplos:

  • “Os deputados têm a obrigação de elaborar leis que sejam benéficas aos cidadãos.”.
  • “O elefante e o rinoceronte têm que andar muito para encontrar água.”.
  • “Eles têm que fazer a tarefa.”.

Tem: quando usar?

“Tem” está na 3ª pessoa do singular do presente do indicativo: ele ou ela tem. Isso quer dizer que você usará “tem” sem acento quando a sua oração tiver o sujeito no singular.

Fica assim:

  • “Portanto, o Poder Judiciário tem a obrigação de fiscalizar o cumprimento das leis.”.
  • “Ele tem sete anos.”.
  • “Maria tem que ir ao mercado.”.


Têm ou tem no novo acordo ortográfico: como fica?

Muitos acreditam que a regra que diferencia “tem” de “têm” foi extinguida com o Novo Acordo Ortográfico. Isso aconteceu para outras palavras que levavam o acento diferencial, como em “pára” (verbo) e “para” (preposição). 

Porém, isso não aconteceu! De acordo com a Reforma Ortográfica, a diferenciação entre “tem” ou “têm” se mantém através do acento circunflexo. Então, não precisa se preocupar: é só conhecer as regras que citamos acima para não errar.

Teem: existe?

Outra dúvida comum está relacionada à forma “teem”. Muitos confundem a regra devido a verbos como “ler”, “ver”, “crer”, que, quando conjugados na 3ª pessoa do plural no presente do indicativo, viram “leem”, “veem” e “creem” (grafados, agora, sem o acento, de acordo com a Reforma Ortográfica).

Mas isso não aconteceu para o verbo “ter”. Fique atento: “teem” não existe e utilizar esse termo em seu texto resultará em penalizações!

Gif de um gato balançando a cabeça em sinal de negativo.

Verbos derivados: a regra se mantém?

Um pouco diferente…

No caso dos verbos derivados de “ter” — como “deter”, “conter”, “reter”, “manter” e “obter”, por exemplo — você deverá usar o acento agudo na 3º pessoa do singular. Já no caso da 3º pessoa do plural, a regra se mantém e você deve usar o acento circunflexo.

Separamos alguns exemplos:

  • “O pote contém a marca do biscoito.”.
  • “Os potes contêm a marca do biscoito.”.
  • “Beatriz mantém o cabelo hidratado.”.
  • “Beatriz e Larissa mantêm o cabelo hidratado.”.
  • “O banco retém uma parte do seu dinheiro.”.
  • “Os bancos retêm uma parte do seu dinheiro.”.

Essa regra do “têm” ou “tem” é fácil de decorar, não é mesmo? Então, já que você está estudando o assunto, que tal se aprofundar e conferir o nosso artigo sobre concordância verbal?

Vamos debater sobre?

Rua Bernardo Guimarães, 2129 - Lourdes, Belo Horizonte - MG, 30140-087. Telefone: (31) 3517-1717

Copyright © 2015 Imaginie | Made in #SanPedroValley and Utah.