Seus estudos não podem parar. E como incentivo, receba 15% de desconto com o cupom  ESTUDOEMCASA 

Conheça a estrutura da redação Enem

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Se você está se preparando para ingressar no ensino superior, já sabe que o Enem é a porta de entrada para diversas faculdades do país inteiro. Por isso, vamos explicar a estrutura da redação Enem para te ajudar a fazer o curso dos seus sonhos. 

Além das 180 questões de múltipla escolha sobre diversos assuntos estudados ao longo do ensino médio, o Enem conta com uma produção textual que pode te ajudar, e muito, a melhorar a sua média final. Você sabia?

Gif de um homem olhando surpreso para a tela.

Por isso, entender a estrutura da redação Enem é muito importante para você se preparar bem e ficar confiante no grande dia, independentemente do tema que seja cobrado. 

Qual a estrutura da redação Enem?

A estrutura da redação Enem segue o modelo do gênero textual dissertativo-argumentativo, que consiste na defesa de um ponto de vista por meio da discussão de argumentos e da análise crítica deles. Além disso, esse texto se caracteriza por uma estrutura dividida em introdução, desenvolvimento e conclusão.  

Para você entender melhor cada uma dessas partes, vamos falar um pouco mais sobre a composição delas para a estrutura da redação Enem. Confira!

Introdução

A introdução é aquele parágrafo inicial da sua redação e deve conter cerca de 5 linhas. Essa parte tem o objetivo de contextualizar o leitor sobre o assunto que você vai discutir ao longo do seu texto. 

Confira o que fazer nessa parte:

1) Chamar a atenção do leitor

Por ser o início do seu texto, a introdução deve aguçar a curiosidade do leitor, fazendo, assim, com que ele se interesse pelo resto da redação. 

Como os corretores da redação Enem não têm a opção de interromper a leitura, a sua introdução deve ser muito boa. Lembre-se: o corretor vai ler diversos textos sobre o mesmo assunto, então é importante chamar a atenção dele para conseguir uma boa nota.

Mas, afinal, o que fazer para cativar o meu leitor?

Escolha citações, frases de efeito, definições, exemplos, alusões históricas ou dados que tornem a primeira frase do seu texto chamativa e interessante, instigando a leitura do restante da redação. 

2) Contextualizar o tema

Agora que você já chamou a atenção do leitor, é hora de contextualizar a primeira frase com o tema proposto pela redação. Esse momento serve tanto para fazer essa relação, quanto para introduzir a ideia que será defendida no seu texto.

Ou seja, não adianta nada colocar uma frase de um filósofo famoso, se você não conseguir relacioná-la com o assunto da redação. É preciso ter lógica e conexão!

3) Defender uma tese

Não é obrigatório deixar a sua opinião na última frase do parágrafo introdutório, mas é importante que você deixe evidente qual será a tese defendida. Assim, fica claro para o corretor qual será o ponto de vista debatido ao longo da sua redação.

Mas atenção: não confunda o tema com a tese. O tema é o assunto sobre o qual você vai discutir, e a tese é uma proposição sobre o tema, ou seja, é o seu posicionamento em relação a ele.

2. Desenvolvimento

Na estrutura da redação Enem, os próximos dois ou três parágrafos do seu texto devem ser dedicados ao desenvolvimento dos seus argumentos, com cerca de 7 linhas para cada.

Os parágrafos de desenvolvimento são aqueles onde você apresenta os argumentos que defendem a sua tese, com o objetivo de convencer o leitor a respeito do seu posicionamento. 

Mas lembre-se: vale mais a pena desenvolver bem um argumento por parágrafo do que expor vários argumentos sem desenvolvê-los. 

Bom, veja agora os pontos importantes da estrutura da redação Enem no desenvolvimento:

1) Tópico frasal

O tópico frasal é responsável por introduzir a ideia central de um parágrafo. Da mesma forma que o seu texto deve apresentar introdução, desenvolvimento e conclusão, os parágrafos devem apresentar início, meio e fim. Nesse sentido, as ideias secundárias devem ser desenvolvidas a partir do tópico frasal.

2) Desenvolvimento dos argumentos

Depois de estabelecida a ideia central do seu parágrafo, é hora de desenvolvê-la com argumentos sólidos e verídicos que comprovem a sua tese. 

Por se tratar de um texto dissertativo-argumentativo, você não deve apenas expor informações, mas analisá-las de forma crítica para convencer o leitor sobre elas e mostrar que você tem autoridade sobre aquilo que está abordando.

3) Conectar as ideias

Então, já que cada parágrafo deve ter a sua conclusão, você deve finalizá-lo conectando as ideias e mostrando o sentido delas terem sido discutidas.

3. Conclusão

Por fim, a conclusão é o parágrafo que finaliza a estrutura da redação Enem e deve conter, aproximadamente, 5 linhas. Aqui, você não deve mais abordar novos argumentos, e sim relacionar o que já foi exposto com a sua tese, além de propor soluções para os problemas abordados ao longo do texto.

Algumas coisas importantes nesse parágrafo são:

1) Sintetizar as ideias

Como a ideia do parágrafo de conclusão é finalizar tudo o que foi abordado ao longo da redação, sintetizar a sua ideia principal é uma forma de começar a finalização do texto, conectando todas as suas ideias e garantindo a coerência da redação.

2) Fazer propostas de intervenção detalhadas

A estrutura da redação Enem exige uma proposta de intervenção para o problema abordado no tema. Por isso, depois de introduzir o leitor ao parágrafo, você deve mostrar as intervenções que podem ser feitas para lidar com o problema. 

Para receber uma pontuação boa na competência V dos critérios de avaliação desse Exame, é muito importante que você detalhe o agente, o que fazer, como fazer e a finalidade da medida. 

3) Finalizar com “chave de ouro”

Da mesma forma que a introdução aguça a curiosidade do leitor, ou, nesse caso, do corretor, a continuar a leitura do seu texto, a conclusão deixa a impressão final sobre a sua redação.

E, pensando que é depois da conclusão que o corretor vai dar uma nota para a sua produção, é muito importante que essa impressão final deixe-o satisfeito com o seu texto. Ou seja, tente deixar o corretor “de boca aberta”.

Aqui, é importante dar aquele toque final e mostrar que tudo o que você disse está conectado e tem uma razão para estar ali. Além disso, é muito importante retomar a introdução, amarrando todas as pontas do seu texto.

Bom, agora que você já sabe tudo sobre a estrutura da redação Enem, que tal colocar os nossos ensinamentos em prática? Escolha um dos planos de correção da Imaginie, envie uma redação para os nossos corretores e receba feedbacks completos para garantir a nota 1000!

Utilize o cupom:
BLOGIMAGINIE
e receba 20% de desconto

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

três × 2 =

Posts relacionados

Estude com a Imaginie

Tenha suas redações corrigidas de maneira detalhada por especialistas em 24 horas

Faça seu cadastro para receber nossa Newsletter