Seus estudos não podem parar. E como incentivo, receba 15% de desconto com o cupom  ESTUDOEMCASA 

Guerra entre Rússia e Ucrânia: impactos do conflito no Brasil e no mundo [Redação pronta]

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

A guerra entre Rússia e Ucrânia já provocou diversas consequências geopolíticas e mais de 500 mil mortes desde fevereiro de 2022. As tensões entre os dois países começaram anos antes, e o conflito ainda parece estar longe de uma solução concreta.

A questão migratória também se mostra urgente nesse contexto. Afinal, o conflito na Ucrânia desencadeou a maior crise de deslocamento na Europa desde o término da Segunda Guerra Mundial. 

Mais de um terço da população ucraniana precisou deixar suas casas, sendo que mais de seis milhões ainda buscam abrigo em nações estrangeiras e cerca de quatro milhões continuam deslocados na Ucrânia. As informações foram divulgadas em janeiro de 2024 pelo Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários. 

Evidentemente, a população russa também foi impactada pelo conflito: a estimativa é de que 500 mil a 1 milhão de russos saíram do país desde o início de 2022.

Então, como escrever uma redação sobre um tema tão complexo? Para te ajudar, iremos fazer uma breve contextualização do assunto e também te daremos um exemplo de redação sobre o tema: “Guerra entre Rússia e Ucrânia: impactos do conflito no Brasil e no mundo”. Vamos lá?

Qual o motivo da guerra entre Rússia e Ucrânia?

Em linhas gerais, uma das principais causas está relacionada à luta pela influência na região, especialmente após a Revolução Ucraniana de 2014.

Um dos eventos importantes no período foi a anexação da Crimeia pela Rússia no mesmo ano. Enquanto a Ucrânia considera a Crimeia como parte de seu território, a Rússia alega que a anexação foi uma resposta à vontade popular e à proteção dos interesses étnicos russos na região.

Além disso, nos últimos anos, a Ucrânia tem buscado uma maior integração com países do Ocidente, incluindo aspirações para aderir à União Europeia e à OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte), o que foi visto pela Rússia como uma ameaça à sua influência na região. 

Em resumo, são considerados alguns dos estopins para a invasão russa na Ucrânia em 2022: 

  • Ampliação da presença da OTAN no Leste Europeu 
  • Possível entrada da Ucrânia na aliança militar
  • Desafio à autodeterminação da Ucrânia, questionada pela Rússia
  • Intenção do presidente russo, Vladimir Putin, de retomar a esfera de influência da antiga União Soviética.

Quais são os impactos?

Os impactos da guerra entre Rússia e Ucrânia são significativos em diversas esferas, atingindo mais países além dos dois majoritariamente envolvidos no conflito. 

De maneira geral, aqui estão algumas consequências da guerra:

Esfera econômica

A Rússia sofreu diversas sanções econômicas de frentes como os Estados Unidos, a União Europeia, Reino Unido, Canadá, Japão e Austrália. Desde fevereiro de 2022, foram mais de 16,5 mil sanções impostas ao país russo

A Ucrânia também enfrenta impactos em sua economia, mas vem recebendo auxílios externos. Em março de 2024, por exemplo, o país recebeu uma injeção inicial de 4,5 bilhões de euros como parte do novo mecanismo de financiamento extra-orçamental da União Europeia (UE).

Esfera humanitária

Conforme apresentamos no início do texto, o conflito afetou negativamente a vida de milhões de pessoas, que tiveram de sair das suas casas e se tornaram refugiadas.

Esfera geopolítica

Alguns dos principais pontos de discussão sobre a guerra são o poderio bélico dos países e o comércio de fontes energéticas, como o petróleo e o gás natural. 

Esfera cultural

As questões identitárias entre os dois países, que já estavam inflamadas antes de 2022, ficaram ainda mais tensas desde então. É que ambas as nações têm suas origens no antigo Estado eslavo oriental de Kievan Rus (também conhecido como Rússia de Kiev e Antiga Rus). Mas ao longo dos anos, os dois povos se desenvolveram de maneiras diferentes, tanto cultural quanto linguisticamente. 

Em meio à expansão do império russo, ainda no século XVII, vastas áreas da atual Ucrânia foram incorporadas. Após a Revolução Russa de 1917 e o fim da I Guerra Mundial, a Ucrânia foi independente por um breve período, mas na década de 1920, tornou-se parte da URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas). 

Anos mais tarde, após ter passado por domínio da Alemanha durante a II Guerra Mundial, a Ucrânia voltou ao domínio da URSS. Apenas na década de 1990, após a dissolução da União Soviética, o parlamento ucraniano declarou a independência do país.

História recente

Já em 2013, as tensões entre esses dois ex-estados soviéticos aumentaram devido à não conclusão de um acordo político e comercial entre Ucrânia e União Europeia. Quando o então presidente pró-Rússia Viktor Yanukovych suspendeu as negociações com a UE, aparentemente sob influência de Vladimir Putin, muitas manifestações populares eclodiram na capital Kiev por várias semanas.

O episódio foi tema de um documentário lançado pela Netflix em 2015: a produção Winter on Fire: Ukraine’s Fight for Freedom (Inverno em Chamas: A Luta Ucraniana pela Liberdade, em tradução livre).

Em março de 2014, a Rússia anexou a Crimeia, uma península autônoma no sul da Ucrânia, alegando defender os interesses da nação russa. Em contrapartida, o país ucraniano considera a região como parte de seu território. A crise envolvendo a Crimeia se estende até os dias atuais.

Exemplo de redação sobre o tema: Guerra entre Rússia e Ucrânia – impactos do conflito no Brasil e no mundo

Após a recente invasão da Ucrânia pela Rússia, torna-se impossível não relembrar os anos de Guerra Fria e os impactos gerados pela Crise dos Mísseis, em 1962. Como à época, o atual conflito Europeu, embora não fomente uma guerra armada direta entre Estados Unidos da América (EUA) e Rússia, pode trazer grandes impactos econômicos. Nesse contexto, o Brasil é um país cuja economia sofrerá diversos impactos [1], pois, industrialmente, ainda depende de outros blocos econômicos. Assim, a fim de mitigar esses problemas e proteger-se das próximas crises, o país precisa investir em ciência e tecnologia, a fim [2] de tornar a indústria nacional independente do mercado internacional. [3]

De fato, a ocupação da Ucrânia pela Rússia, um dos maiores parceiros comerciais do Brasil, rendeu ao país de Vladimir Putin uma série de sanções comerciais impostas pelo governo dos EUA. Esse bloqueio econômico impede que diversos países negociem diretamente com a Rússia, que é, segundo a Organização das Nações Unidas, o maior produtor de gás natural do mundo. O problema é que, países como a Alemanha, França e Japão dependem totalmente do gás natural russo. Portanto, a saída soviética do mercado Europeu desestabiliza a economia mundial, uma vez que sua matriz energética depende do gás natural produzido russo [4]. [5] [6]

Para entender [7] como se dão esses impactos no Brasil, é necessário entender [8] como funciona a produção de combustíveis fósseis e o agronegócio brasileiros. De acordo com dados do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), embora o país seja independente com relação à extração de petróleo, não domina as técnicas de refinamento, dependendo de países como EUA. Além disso, mesmo sendo o maior produtor agrícola mundial, o Brasil importa da Rússia os fertilizantes necessários ao agronegócio. Isso faz com que o produto final da indústria nacional alcance preços impraticáveis ao consumidor e comprometa sua qualidade de vida. [9]

Portanto, diante do exposto, fica claro que o Estado tem de intervir [10] subsidiando maiores investimentos em tecnologia. Assim, por intermédio do MCT, a União precisa captar recursos e modernizar suas refinarias de petróleo, além de passar a produzir os insumos agrícolas essenciais ao agronegócio brasileiro. Com isso, o Estado tornará sua indústria de combustíveis e alimentos menos sensível às oscilações do mercado externo, tornando o produto nacional economicamente acessível e garantindo o bem estar [11] social do seu cidadão. [12]

Comentários sobre a correção da redação

Veja os comentários do corretor sobre a redação.

Competência I: demonstrar domínio da norma culta

  • [10] Insira uma vírgula.
  • [11] Coloque hífen.

Competência II: compreender a proposta

  • [3] Muito bem! Explicitou logo na introdução a tese a ser defendida.

Competência III: selecionar e relacionar argumentos

  • [5] Parabéns! Estes argumentos históricos deram relevância a seu argumento.
  • [9] Muito bem! Estes dados deram credibilidade a seu argumento.

Competência IV: conhecer os mecanismos linguísticos para a construção da argumentação

  • [1] Você utiliza esta palavra muito recorrentemente. Procure utilizar sinônimos.
  • [2] Você repetiu esta palavra algumas vezes no texto. Sugiro que você utilize sinônimos.
  • [4] Você utiliza esta palavra muito recorrentemente. Procure utilizar sinônimos.
  • [6] Parabéns! A adequação no uso dos conectivos e a utilização de sinônimos, proporcionaram uma leitura agradável da sua redação.
  • [7] Utilize conectivos e marcadores discursivos para relacionar as partes do texto.
  • [8] Você repetiu esta palavra algumas vezes no texto. Sugiro que você utilize sinônimos.

Competência V: elaborar a proposta de intervenção para o problema

  • [12] Excelente! Você resolveu os problemas apresentados na argumentação e, ainda, compreendeu muito bem o que é necessário conter na proposta de intervenção.

Comentário final

Você apresentou uma redação com coerência e argumentação aprofundada. Parabéns por isso! Evite a repetição de palavras. Um abraço! 

Nota: 920

Mais temas de geopolítica

Para além de se preparar para o Enem e outros vestibulares, estudar diversas questões geopolíticas também pode ser uma forma importante de entender e refletir sobre o mundo em que vivemos. Aqui estão mais temas para se aprofundar e treinar a sua escrita:

E agora, que tal escrever sobre os temas que abordamos aqui? Escolha um plano da Imaginie e envie as suas redações!

Autores

  • Sabrina Andrade

    Tecnóloga em Marketing e graduanda em Letras pela Universidade Federal de Minas Gerais. Apreciadora de crônicas e livros infanto-juvenis. Acredita que a educação possibilita um futuro melhor.

    View all posts
  • Beatriz Kalil Othero

    Jornalista formada pela UFMG, se interessa por temas como educação, ciência, tecnologia, e sociedade. Participou de reportagens premiadas pelo Sebrae em 2023, pela CDL/BH em 2021 e 2022, e pela Rede de Rádios Universitárias do Brasil em 2020.

    View all posts

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Posts relacionados

[Ebook]

7 dicas para dar um gás nos estudos e aprender mais rápido

Está se preparando para o Enem e demais vestibulares e quer saber como aprender mais rápido? Então este ebook foi feito para você. Nele você encontra 7 dicas quentes para dar um gás nos estudos!

[Ebook]

Melhorando o seu Repertório Sociocultural

Quer melhorar o seu repertório sociocultural, mas não tem ideia de como fazer isso? Então este ebook foi feito para você! Nele você vai encontrar várias fontes para enriquecer sua redação!

  JÁ COMEÇOU!  
22/07
ÀS 18H

Ative o sininho de notificações, participe e receba ao vivo cupons de até  50% de desconto! 
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.

Imaginie para todos: democratizando o ensino de redação no Brasil

Se você é um aluno de escola pública, agora pode estudar para o Enem de graça com a Imaginie. Conheça melhor o projeto Imaginie para todos!

Calendário do vestibular 2021: Confira as datas dos principais processos

Ficou confuso na hora de pesquisar sobre os vestibulares que quer fazer? Teve dificuldade para encontrar as informações? Achou tudo muito desorganizado? Então este calendário é para você!

[Infográfico gratuito]

O que cai
em cada disciplina do Enem?

Você está perdidinho sobre o que estudar para o Enem? Saiba quais são as matérias mais cobradas em cada disciplina neste infográfico gratuito que preparamos para você!

Mapa mental grátis

Decorar as regras de acentuação gráfica não é uma tarefa fácil, certo? Mas ela se torna um pouco mais simples com um mapa mental!

Plano de estudos para o Enem 2020

Quer um guia para se preparar para o Enem 2020? Baixe o nosso plano de estudos gratuitamente aqui!

Mapa mental grátis

Decorar as regras de acentuação gráfica não é uma tarefa fácil, certo? Mas ela se torna um pouco mais simples com um mapa mental!

Folha de redação guiada: produza um texto nota 1000!

Criamos esse modelo de redação guiada com dicas para você acertar na hora de fazer a sua própria produção textual para o Enem 2020!

Como ter uma rotina de estudos produtiva?

Aprenda técnicas para aprender mais em menos tempo!

Faça seu cadastro para receber nossa Newsletter