Preposições: tudo que você precisa saber sobre

Roberta Rinaldi Dicas de português

Constantemente somos cobrados quanto ao uso das preposições, mas, afinal, você sabe o que elas são? Sabe quais são elas? Neste post, iremos te ensinar tudo que você precisa saber sobre as preposições. Leia com atenção e use este material sempre que precisar! 😉

Definição

É uma palavra invariável, ou seja, não flexiona em gênero e número. A função das preposições é estabelecer ligações entre palavras, estabelecendo relações de sentido.

  • Quando dizemos “Este é o carro de Carlos”, a preposição “de” estabelece uma relação de sentido = posse. O carro pertence a Carlos.

Há dois tipos de preposição:

  1. Essenciais: unicamente classificadas como preposição. São elas: a, com, em, por, ante, contra, entre, sem, após, de, para, sob, até, desde, perante, sobre.
  2. Acidentais: vem de outras classes gramaticais, mas assumem, eventualmente, o papel de preposição. São elas: como, conforte, durante, fora, mediante, segundo, senão, visto.

Importante: existem as locuções prepositivas. Veja exemplos:

abaixo de, atrás de, acima de,

por causa de, ao lado de, defronte a,

de acordo com, até a, perto de

Há, também, a contração de vocábulos:

em + as = nas

por + os = pelos

de + as = das

As preposições têm seus valores de sentidos. Abaixo, listamos quais são eles e alguns exemplos práticos. Confira:

A = lugar (Foram ao teatro), modo (Eles andaram a cavalo), distância (Mora a 2km da quadra onde joga), tempo (Daqui a pouco iremos embora).

COM = causa (Foi dispensado, com isso, vendeu o carro), companhia (Saiu com a mãe ontem), instrumento (Passou a camisa com o ferro), modo (Falava com propriedade sobre o assunto), oposição (Amanda competirá com Ana pela vaga).

DE =  lugar (Eles ainda não voltaram da escola), causa (Desistiu da corrida, pois morria de sede), tempo (De noite, ligou para o filho), assunto (Sempre que nos encontramos, falamos do passado).

EM =  lugar (Mora em uma cobertura maravilhosa), tempo (Me chama em cinco minutos), modo (Estávamos em reunião quando fomos chamados).

PARA = finalidade (Comprou as carnes para o churrasco), lugar (destino) (Foi para o Nordeste nas férias).

POR = lugar (por onde) (O ônibus passa por lugares bonitos), tempo (Ele dirigiu por doze horas), causa (Escolheram ela por ser mais estudiosa).

SOBRE = assunto (Não gostava de falar sobre religião), lugar (A telha caiu sobre o carro).

As preposições são fundamentais para a construção de frases, inclusive graças à capacidade que têm de mudar sentidos quando usadas de forma incorreta. Portanto, tenha atenção.

Elas estão, consequentemente, ligadas à questão da regência, já que complementam os sentidos exigidos por verbos e nomes (veja mais AQUI).

Veja mais dicas de português clicando AQUI.

Bons estudos e até a próxima! 😉

VEJA TAMBÉM: A VÍRGULA E A PALAVRA “POIS”

 

Vamos debater sobre?