Redação: Os desafios da mobilidade urbana de baixo impacto ambiental

Carla Gobb Exemplos de redação

Já conhece a parceria entre Imaginie e Guia do Estudante? As primeiras pessoas que se cadastrarem ganham uma correção gratuita. Fique de olho!

ESCREVA SOBRE ESSE TEMA

Veja análise de redação. ?

“No que se refere ao transporte de baixo impacto ambiental, é possível afirmar que o Brasil deve investir mais nessa área. Isso se evidencia não apenas pela problemática do aquecimento global, como também pelos benefícios dessa prática sustentável.

Após a Segunda Guerra Mundial, o Brasil começou a urbanizar-se de forma rápida e desordenada. Isso se reflete diretamente nos dias atuais, visto que não houve planejamento adequado na infraestrutura das cidades para facilitar o deslocamento diário dos cidadãos, através de meios alternativos, como as bicicletas. Além disso, durante o governo de Juscelino Kubitschek, o presidente incentivou o modelo desenvolvimentista do país, no qual foi amplificado o poder aquisitivo da população, a fim de estimular a compra de veículos particulares. Com isso, nota-se que a grande quantidade de automotores, bem como a falta de projetos que incentivem o uso de alternativas sustentáveis para a locomoção são impasses a serem superados pela sociedade brasileira.

[2] Segundo pesquisadores, mais de setenta milhões de toneladas de gás carbônico são liberados na atmosfera decorrente da utilização de gasolina por veículos no Brasil. [1] Dessa forma, esse composto químico é responsável pelo aumento do aquecimento global, o que ocasiona a elevação da temperatura média e, consequente, vários problemas ambientais.

Diante disso, percebe-se a real necessidade de desenvolver meios para reverter essa situação. Na cidade de Fortaleza, a prefeitura lançou o projeto Bicicletar, no qual foram instalados postos de bicicletas para uso compartilhado, com intuito de minimizar impactos ambientais, desobstruir o trânsito, além de melhorar o bem-estar da população. De acordo com estatísticas, essa medida já evitou a emissão de duzentas toneladas de CO2.

É necessário, portanto, desenvolver métodos para incentivar formas sustentáveis de transporte. Para isso, os governantes devem implementar projetos similares ao de bicicletas compartilhadas, bem como construir mais ciclo faixas, a fim de melhorar a mobilidade urbana. Além disso, os meios de comunicação necessitam incentivar o uso de bicicletas, por meio de [3] campanhas. [4] Ademais, as escolas precisam inserir aulas sobre educação ambiental, com o objetivo de não só debater esse assunto, mas também promover a criação de medidas para estimular o transporte de baixo impacto ambiental, aplicando-as em nível individual e social. Nesse sentido, haveria maiores benefícios para a sociedade e para o meio ambiente.”

Análise da proposta:

A proposta de redação pede a produção de um texto dissertativo-argumentativo sobre o tema: Os desafios da mobilidade urbana de baixo impacto ambiental. Esse gênero de texto consiste na defesa de uma ideia por meio de argumentos e explicações e o objetivo central é convencer o leitor de seu ponto de vista. A estrutura do texto dissertativo-argumentativo deve possuir: Introdução, desenvolvimento e conclusão. Na introdução o candidato deve contextualizar o tema abordado e já assumir um ponto de vista. No desenvolvimento, apresentar os argumentos. O candidato precisa ficar atento para não copiar os textos motivadores na hora da argumentação e se utilizar citações é necessário usar aspas e identificar o autor. Como o objetivo é convencer quem está lendo espera-se do candidato um bom embasamento e capacidade de persuasão. Além disso, a construção do texto precisa ser coesa e coerente, respeitando uma ordem lógica. Ao concluir é necessário apresentar uma proposta de intervenção que respeite os direitos humanos e que seja possível de ser realizada.

Análise da redação do aluno:

O estudante desenvolveu bem os argumentos, mas apresentou algumas informações sem relaciona-las muito bem. É importante que o aluno articule melhor o texto e apresente mais informações para melhorar a nota.

Competência I – Demonstrar domínio da norma culta:

O estudante mostrou domínio da norma culta e não cometeu erros que pudessem prejudicá-lo.

Competência II – Compreender a Proposta:

Desenvolveu a proposta de forma consistente.

Competência III – Selecionar, relacionar argumentos:

[1] Aqui faltou um pouco de articulação entre as informações.

Competência IV – Conhecer os mecanismos linguísticos para a construção da argumentação:

[2] Procure utilizar mais recursos coesivos para articular melhor as partes do texto. Veja uma dica aqui.

Competência V – Elaborar a proposta de solução para o problema:

[3] Como seriam feitas essas campanhas? Seja mais detalhista.

[4] A proposta de intervenção precisa ser mais desenvolvida e detalhada, para aumentar a nota na competência V.

ESCREVA SOBRE ESSE TEMA

Bons estudos!

Vamos debater sobre?