Seus estudos não podem parar. E como incentivo, receba 15% de desconto com o cupom  ESTUDOEMCASA 

Guia completo do vestibular Unicamp 2025!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

O vestibular Unicamp, assim como os de outras grandes universidades de São Paulo, como a Fuvest e a prova da Unesp, é aguardado ansiosamente por estudantes de todo o Brasil.

Mas, afinal, como se tornar um estudante desta universidade? Neste artigo, explicamos tudo o que você precisa saber sobre o vestibular Unicamp e como se dar bem nas provas para garantir a sua vaga. Confira!

Por que fazer o vestibular da Unicamp 2025?

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) é uma das melhores instituições de ensino superior do Brasil e da América Latina

Mantida pelo Governo do Estado de São Paulo, ficou em segundo lugar no Ranking Universitário Folha (RUF), que leva em consideração os critérios de ensino, pesquisa, mercado, inovação e internacionalização para classificar as melhores universidades do país.

A universidade possui campus em Barão Geraldo, Limeira, Piracicaba e Paulínia. São oferecidos 66 cursos de graduação das mais diversas áreas de conhecimento. Além disso, a Unicamp é reconhecida por seu amplo programa de Pesquisa, com uma enorme variedade de cursos de pós-graduação.

Nesse sentido, fazer o vestibular da Unicamp é uma maneira de ter contato com um dos maiores polos de pesquisa e ensino superior do nosso país.

Quais são as formas de ingresso da Unicamp?

Até 2018, a Unicamp selecionava os estudantes apenas por meio de seu vestibular tradicional. Porém, a partir de 2019, a universidade passou a adotar outros caminhos para realizar o processo seletivo.

Existem, hoje, 7 formas de ingressar na Unicamp. A seguir, você conhece cada uma delas. 

1. Programa de Formação Interdisciplinar Superior (ProFIS)

O ProFIS é um curso de ensino superior com duração de 2 anos que capacita os estudantes para exercer diversas profissões. Possui 120 vagas voltadas a escolas de ensino médio da rede pública de Campinas. 

Os estudantes são selecionados com base na nota do Enem e, quando o curso é concluído, podem optar por realizar um curso de graduação na Unicamp sem precisar passar pelo vestibular.

Para se cadastrar no ProFIS, os candidatos devem ser estudantes de escolas públicas (municipais, estaduais ou federais). As inscrições são gratuitas e devem ser feitas na página de inscrição do programa. Em geral, ficam abertas entre os meses de setembro e novembro do ano anterior à entrada na universidade.

2. Vestibular Indígena

Assim como o vestibular tradicional, o Vestibular Indígena é organizado pela Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest), mas voltado apenas para a população indígena

Ele possui cronograma e processos específicos, e seus participantes precisam ter feito o ensino médio em escola da rede pública e apresentar uma declaração de pertencimento étnico assinada por lideranças do grupo ao qual pertencem.

A seleção do Vestibular Indígena vale tanto para a Unicamp quanto para a UFSCar, a Universidade Federal de São Carlos (SP). A inscrição para a entrada em 2025 é gratuita e terá início em novembro de 2024. A prova é composta por 50 questões múltipla escolha e uma redação.

3. Vagas Olímpicas

O Edital da Unicamp para Vagas Olímpicas é voltado para estudantes que foram premiados em competições de conhecimentos, além de olimpíadas científicas nacionais e internacionais.

As inscrições são gratuitas e começam em dezembro de 2024. A classificação dos candidatos acontece com base na pontuação obtida na olimpíada ou competição. Além disso, quem é aprovado por esse edital não precisa fazer nenhuma outra prova para ingressar no curso de graduação da Unicamp.

4. Provão paulista

O Provão Paulista é uma avaliação que oferece vagas em diferentes universidades de São Paulo, entre elas a Unicamp. As provas são seriadas, o que significa que são aplicadas ao longo dos anos de Ensino Médio. O candidato acumula pontos e, no final desse período, pode usar esses pontos para se inscrever nas universidades.

Para os candidatos que optarem por essa modalidade, a inscrição deve ser feita na página do próprio Provão. As informações sobre vagas e resultados também ficam disponíveis no portal oficial do Provão.

As matrículas para os aprovados na Unicamp terão início em janeiro de 2025.

5. Vagas remanescentes

As vagas remanescentes são uma opção de transferência para um curso da Unicamp. A partir dela, estudantes da própria instituição ou de outras Universidades podem tentar garantir uma vaga que “sobrou”.

Para isso, é fundamental atender a alguns requisitos mínimos. Por exemplo: o candidato deve comprovar uma taxa de compatibilidade entre o curso atual e o curso pleiteado. Essa taxa varia de acordo com o curso e as disciplinas.

O processo de ingresso pelas vagas remanescentes acontece em duas fases, ambas de caráter eliminatório e classificatório:

  • Primeira fase: Prova de Leitura e Interpretação de textos;
  • Segunda fase: Prova de Conhecimentos Específicos relativos às grandes áreas de conhecimento; Análise de compatibilidade de currículo.

Para os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Artes Visuais, Dança e Música, há também uma terceira fase, que conta com uma prova de habilidades específicas.

As inscrições são feitas, em geral, durante o mês de agosto e exigem o pagamento de uma taxa de inscrição. Em 2024, o valor da taxa é de R$211,00. Todos os detalhes podem ser encontrados no site da Unicamp.

6. Enem Unicamp

A seleção de estudantes para a Unicamp por meio do Enem é feita através de um edital específico da universidade, e não pelo Sisu. Portanto, existe um sistema próprio da universidade para classificar os estudantes que decidem utilizar a nota do Enem para tentar uma vaga. 

Para participar desse processo, o candidato precisa ter feito os três anos do ensino médio em escola pública. Além disso, 50% das vagas são reservadas para alunos que, além do Ensino Médio na escola pública, também se autodeclaram pretos ou pardos. Neste caso, de acordo com o edital, é preciso “possuir traços fenotípicos que os caracterizem como negro, de cor preta ou parda”. 

As inscrições do Enem-Unicamp 2025 começam em novembro de 2024, e o edital oficial, com todas as informações sobre o processo de inscrição, será liberado em outubro deste ano.

7. Vestibular Unicamp

É o vestibular tradicional da Unicamp, que oferece a maior parcela de vagas disponíveis na universidade. Para entender melhor como ele funciona, basta continuar lendo!

Como funciona o vestibular Unicamp 2025?

A seleção pelo vestibular tradicional possui algumas especificidades: 

  • 15% das vagas são destinadas à modalidade de cotas étnico-raciais e estudantes que fizeram o ensino fundamental e/ou médio em escola pública recebem uma bonificação na nota por meio do Programa de Ação Afirmativa e Inclusão Social (PAAIS).

Além das vagas destinadas inicialmente à seleção de estudantes por meio do vestibular Unicamp, as que não são preenchidas nos outros formatos de ingresso na universidade também são migradas para o modelo de vestibular tradicional.

De modo geral, o vestibular Unicamp é dividido em 2 fases. Porém, alguns cursos exigem também a aprovação em prova de habilidades específicas. São eles:

  • Música
  • Arquitetura e Urbanismo
  • Artes Cênicas
  • Artes Visuais
  • Dança.

Calendário: fique de olho nas datas!

Para ficar em dia com o vestibular da Unicamp, confira as principais datas!

EventoData
Lista de candidatos isentos30 de julho
Inscrição1 a 30 de agosto
Resultado dos recursos de isenção e inscrição indeferida3 de agosto
Prova de Habilidades Específicas de Música20 a 30 de setembro
Primeira fase20 de outubro
Segunda fase1 e 2 de dezembro
Prova de Habilidades Específicas para os demais cursos11 a 13 de dezembro

Quem pode fazer a prova?

Para se inscrever no vestibular da Unicamp, você precisa se enquadrar em pelo menos um dos seguintes critérios:

  • Ter o certificado de conclusão do ensino médio ou equivalente
  • Estar cursando o ensino médio ou equivalente no período de inscrição
  • Ter um diploma de curso superior.

Só poderão ocupar as vagas os candidatos que têm previsão de conclusão do Ensino Médio até dezembro de 2025 ou os candidatos que já concluíram essa etapa do ensino.

Como se inscrever no Vestibular Unicamp 2025?

As inscrições para o Vestibular Unicamp 2025 poderão ser feitas entre os dias 1 e 30 de agosto de 2024, através do site da Unicamp. 

Vale lembrar que o vestibular Unicamp exige o pagamento de taxa de inscrição para que ela seja deferida, exceto para os candidatos que se adequem aos critérios de isenção divulgados. 

Para a edição 2025, a taxa de inscrição custará R$210,00. O valor não é reembolsado em nenhum cenário, mesmo nos casos em que é feito o pagamento de valor a mais ou o pagamento duplicado. Por isso, atenção nessa etapa!

Por fim, cada candidato pode se inscrever em no máximo duas opções de curso da mesma área. Durante o momento da inscrição, é necessário indicar qual delas é a sua prioridade.

Como pedir isenção da taxa de inscrição?

De acordo com o Edital de Isenção de 2025, podem pedir isenção integral da Taxa de Inscrição os candidatos que cumprem algum dos requisitos a seguir:

  • Candidatos de baixa renda (até 1,5 salário mínimo por morador) e de escola pública (Modalidade 1).
  • Candidatos funcionários da Unicamp ou Funcamp (Modalidade 2), mediante comprovação de vínculo. Estagiários e bolsistas não são contemplados por esta modalidade.
  • Candidatos aos cursos de Licenciatura em Ciências Biológicas, Letras, Química/Física (Licenciatura Integrada), Matemática, Física e Pedagogia, todos na modalidade noturna.
  • Candidatos aos cursos de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Tecnologia em Saneamento Ambiental, ambos na modalidade noturna.
  • Candidatos bolsistas de escolas privadas/particulares (Modalidade 4), mediante comprovação de bolsa ou de vínculo à escolas que mantêm educação gratuita (pertencentes ao Sistema Senai, Sesi, SENAC etc.) e comprovação de renda bruta per capita de até 1,5 salário mínimo por morador da residência.

Em todos os casos, os candidatos precisam fazer a solicitação através do preenchimento do formulário no site da Comvest no período delimitado pelo cronograma. Para o ingresso de 2025, o período de isenção foi de 13 de maio a 07 de junho de 2024.

Como saber o local de prova?

O candidato define o município onde deseja realizar o vestibular Unicamp durante a realização da inscrição. Em seguida, são divididos alunos em diferentes instituições de ensino. Você pode conferir o endereço completo do seu local de prova no próprio site da Comvest! 

O que estudar para o vestibular Unicamp?

O Manual do Ingresso do vestibular Unicamp, disponível na página da Comvest, detalha com mais informações o programa de cada prova. Por isso, vale a pena dar uma olhada no conteúdo programático e nas habilidades exigidas dos candidatos para cada disciplina.

Além disso, o Edital da prova também apresenta, em detalhes, todas as exigências de conteúdo do vestibular, divididas por disciplinas. Para ter acesso a elas, basta conferir o Anexo II do edital.

Por que a prova de Literatura da Unicamp é diferente?

De modo geral, a prova de Literaturas em Língua Portuguesa exige que o candidato demonstre conhecimentos atrelados ao desenvolvimento da leitura durante a sua formação. Isso implica:

  • a habilidade de estabelecer relações que transcendem a dimensão pessoal, apreciando diferentes formas de manifestação artística, produzidas em contextos radicalmente diferentes
  • conhecimentos estruturais de diferentes gêneros literários, sendo eles: prosa, poesia e teatro
  • a habilidade de analisar crítica e esteticamente diferentes gêneros literários, sendo eles: prosa, poesia e teatro. 

No entanto, a prova chama a atenção dos candidatos sobretudo pela exigência da leitura de diferentes obras de língua portuguesa

Quais são as obras literárias exigidas no vestibular?

Para o Vestibular Unicamp 2025, a lista de obras literárias foi dividida da seguinte forma:

Poesia

Autor(a)Obra
José Paulo PaesProsas seguidas de odes mínimas
Cartola10 canções escolhidas

Conto

Autor(a)Obra
Caio Fernando AbreuMorangos mofados
Conceição EvaristoOlhos D’água

Romance

Autor(a)Obra
Lima BarretoVida e morte de M.J. Gonzaga de Sá
Paulina ChizianeNiketche: uma história de poligamia
Machado de AssisCasa velha
Lewis CarrollAlice no país das maravilhas

Entrevistas/Palestras

Autor(a)Obra
Ailton KrenakA vida não é útil

Como é a primeira fase do vestibular Unicamp?

A primeira fase do vestibular Unicamp é aplicada em apenas um dia. O estudante tem o mínimo de 2 e o máximo de 5 horas para responder 72 questões de múltipla escolha, com 4 alternativas cada. 

A prova é dividida da seguinte forma:

  • 12 questões de Matemática
  • 12 questões de Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa
  • 7 questões de Inglês
  • 21 questões de Ciências da Natureza (Biologia, Química e Física)
  • 20 questões de Ciências Humanas (História, Geografia, Filosofia e Sociologia).

Cada questão vale 1 ponto. Ou seja, a pontuação não atribui pesos diferentes a cada questão, apesar de a prova conter um maior número de perguntas relacionadas a determinadas disciplinas.

Como é a segunda fase do vestibular da Unicamp?

A segunda fase da Unicamp é constituída por 2 provas discursivas, aplicadas em 2 dias consecutivos, cada uma com duração entre 2 e 5 horas. Para essa etapa, são convocados apenas os candidatos classificados na primeira fase.

Nessa etapa, a prova é dividida entre disciplinas gerais, comum a todos os candidatos, e disciplinas específicas, relacionadas ao curso escolhido pelo candidato no momento da inscrição. A distribuição se dá da seguinte maneira:

Primeiro dia

No primeiro dia, o candidato realizará as provas comuns para todos os participantes:

  • Prova de Redação, composta por duas propostas de textos para que o candidato eleja e execute uma delas
  • Prova de Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa, com 6 questões
  • Prova Interdisciplinar, com 2 questões de Língua Inglesa e 2 questões de Ciências da Natureza.

Segundo dia: prova geral

No segundo dia, parte da prova é comum para todos os candidatos, e inclui:

I. Prova de Matemática

Dividida da seguinte maneira:

  • 6 questões para os cursos de Ciências Exatas/Tecnológicas
  • 4 questões para os cursos de Ciências Biológicas/Saúde
  • 4 questões para os cursos de Ciências Humanas/Artes.

II. Prova interdisciplinar

Composta por duas questões interdisciplinares de Ciências Humanas. 

Segundo dia: provas específicas

No segundo dia, também é realizada a prova de conhecimentos específicos, de acordo com uma das seguintes opções:

  • Cursos de Ciências Biológicas/Saúde: prova de Biologia, com 8 (oito) questões e prova de Química, com 6 (seis) questões
  • Cursos de Ciências Exatas/Tecnológicas: prova de Física, com 6 (seis) questões, e prova de Química, com 6 (seis) questões 
  • Cursos de Ciências Humanas/Artes: prova de Geografia, com 6 (seis) questões, prova de História, com 6 (seis) questões, prova de Filosofia, com 1 (uma) questão, e prova de Sociologia, com 1 (uma) questão.

Como é a prova de redação da Unicamp?

Na prova de redação, o candidato tem acesso a duas propostas de redação e deve escolher entre uma delas. Diferente do que acontece no Enem, não sabemos com antecedência qual deve ser o gênero textual empregado, mas para ter uma boa ideia da prova, você pode conferir exemplos da redação da Unicamp.

Cada proposta contém textos de apoio e as instruções para que você entenda o tema, o gênero, os interlocutores e a situação para a qual você produzirá o texto.

Para conseguir uma boa pontuação, você precisará:

  • Seguir a proposta temática, observando o recorte temático e as instruções do enunciado
  • Elaborar um texto adequado ao gênero discursivo solicitado, tendo em vista a situação de produção, circulação e os interlocutores nela implicados
  • Ler atentamente os textos apresentados na proposta, aplicando-os de forma crítica ao seu texto
  • Escrever de modo a proporcionar uma leitura fluida e envolvente, apresentando articulação sintático-semântica ancorada no emprego adequado de elementos coesivos e de outros recursos necessários à organização e clareza dos enunciados.

Quais são os critérios de anulação da redação?

A prova de redação pode ser anulada (zerada) nos casos em que o candidato:

  • abordar outro tema que não o da proposta escolhida
  • não cumprir as tarefas solicitadas na proposta nem cumprir o gênero  discursivo solicitado nela
  • simplesmente reproduzir os textos da prova (ou partes dos mesmos) em forma de colagem, sejam do enunciado, sejam da coletânea da proposta escolhida.

Como é a prova de habilidades específicas da Unicamp?

A prova de habilidades específicas é mais uma etapa do vestibular Unicamp aplicada apenas para alguns cursos

De modo geral, essa prova tem o objetivo de avaliar conhecimentos técnicos, potenciais artísticos, etc., e as provas para cada curso seguem modelos próprios. Os detalhes estão disponíveis no Anexo II do edital. 

Prova de habilidades específicas: Arquitetura e Urbanismo

A prova é dividida em duas partes

No período da manhã, ocorre a primeira parte, na qual o candidato deverá resolver graficamente/tridimensionalmente questões relacionadas com elementos espaciais e geométricos básicos

À tarde, é realizada a segunda parte da prova, com atividades de desenho nas quais são abordados aspectos relativos à percepção, observação, memória e criatividade. Nesta parte também podem ser apresentados temas relacionados à paisagem da cidade e seus elementos constitutivos e na habilidade do candidato em se expressar graficamente, sendo importante que demonstre noções de cores e texturas dos materiais, luz e sombra, forma e linguagem visual, além das noções de relação entre elementos no espaço.

Data 11 de dezembro de 2024
LocalFaculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo, localizada no campus universitário Zeferino Vaz em Campinas (SP).
Capacidades avaliadasDomínio espacial e abstrato; Observação da paisagem e seus elementos, por meio da análise, da crítica e da síntese; Linguagem não-verbal: desenho e expressão gráfica.
O que levar?Lápis ou lapiseira com grafites macias: B, 2B, 6B; Canetas hidrográficas coloridas; Caixa de lápis de cor; Compasso; Fita adesiva; Cola bastão; Tesoura pequena; Borracha.

Prova de habilidades específicas: Artes cênicas

A prova é dividida em três partes.

Na prova teórica, os candidatos fazem uma prova escrita, específica sobre conhecimentos da linguagem teatral. É necessário estudar a bibliografia disponibilizada no Edital.

Na prova de aula, os candidatos serão submetidos a 3 provas práticas, ministradas por 3 duplas de professores (isto é, 6 professores no total).

Na prova de palco, o candidato deve apresentar uma cena previamente preparada, conforme a relação de textos publicada no edital. A cena pode ter duração de três a cinco minutos. Além disso, o candidato poderá fazer uso de figurino e estarão à disposição, caso necessário, uma mesa, duas cadeiras e um aparelho de som. 

Data 11 a 13 de dezembro de 2024
LocalDivulgados na página da Comvest a partir de 3 de dezembro de 2024.
Capacidades avaliadasComo o candidato articula o que conhece sobre as Artes Cênicas (Prova Teórica); Como o candidato se relaciona com o aprendizado em si (Prova de Sala de Aula); Como o candidato aborda e executa uma cena teatral (Prova de Palco); Como o candidato relaciona seus conhecimentos culturais e artísticos com a formação profissional visada (perspectiva de avaliação geral).
O que levar?No caso de cenas com diálogo, o candidato deve providenciar alguém para lhe dar a réplica.

Prova de habilidades específicas: Artes Visuais

A prova é dividida em 3 etapas.

Na prova de História da Arte, o candidato responderá a questões dissertativas sobre Arte brasileira e internacional na segunda metade do século XIX e Arte brasileira e internacional nos séculos XX e XXI. As indicações bibliográficas do edital orientam os alunos nos estudos para essas questões.

Na prova de expressão plástica, o candidato será avaliado quanto a sua  capacidade criativa e expressiva, aliada à observação, compreensão e construção de imagens por meio da representação gráfica, da linguagem visual e de sua qualidade expressiva. 

Por fim, na entrevista e apresentação de portfólio, o candidato deverá apresentar trabalhos prontos ou em processo que sejam expressivos da sua atual produção. As dimensões dos trabalhos devem estar limitadas a 70 x 50 cm, de modo que trabalhos de maior dimensão só poderão ser apresentados por meio de fotografias. Além disso, cadernos de anotações, esboços e toda sorte de projetos em desenvolvimento também serão bem-vindos para esta etapa da prova. 

Data 11 a 13 de dezembro de 2024
LocalDivulgados na página da Comvest a partir de 3 de dezembro de 2024.
Capacidades avaliadasConhecimentos em História da Arte; Conhecimentos em Expressão Plástica; Entrevista.
O que levar?Lápis preto ou lapiseira/grafites HB, 2B, 4B e 6B; Lápis de cor (12 cores); Compasso; Estilete; Régua e esquadros; Tesoura; Cola bastão.

Prova de habilidades específicas: Dança

A prova é dividida em três etapas.

A primeira etapa é a resposta do questionário online, disponível no site do Comvest a partir de 25 de novembro de 2024. Esta etapa não é eliminatória (ou seja, o candidato pode optar por não responder ao questionário), mas é importante para o reconhecimento dos conhecimentos corporais e artísticos e tem papel complementar.

Na prova técnica, o candidato terá a oportunidade de aquecer o seu corpo gradativamente, trabalhando suas articulações, respiração e outros fatores envolvidos no movimento. Será necessário o desenvolvimento de algumas sequências de movimentos corporais e serão utilizados, como referência, movimentos básicos de uma aula de dança

Na prova de improvisação o candidato deverá apresentar um estudo coreográfico desenvolvido previamente. O estudo não pode ultrapassar dois minutos de execução e deve ser elaborado sem músicas, adereços, maquiagem ou qualquer tipo de calçado.

O tema do estudo coreográfico deverá partir de uma das obras disponíveis na página da Comvest. A investigação corporal da obra escolhida é, no entanto, livre, assim como a linguagem de movimentos. No dia do exame, o candidato deverá informar para a Banca, caso solicitado, a obra que escolheu. 

Data 11 a 13 de dezembro de 2024
LocalDivulgados na página da Comvest a partir de 3 de dezembro de 2024.
Critérios de avaliaçãoAlinhamento postural dinâmico; Orientação espacial; Ritmo e musicalidade; Percepção e memória de movimento; Domínio corporal; Prontidão corporal; Atitude; Domínio do espaço/tempo; Integração; Fluidez; Persistência no desempenho das ações corporais; Inventividade; Versatilidade.
O que levar?O candidato não precisa levar objetos para a avaliação.

Prova de habilidades específicas: Música

A prova de habilidades específicas para o curso de Música será realizada de maneira virtual e antes do vestibular tradicional da Unicamp. Ela ocorrerá no período de 20 a 30 de setembro de 2024, e a lista de aprovados será divulgada no dia 13 de novembro de 2024.

A prova é feita a partir da avaliação de três vídeos, de conteúdo específico a depender do curso e modalidade. Os vídeos devem ser encaminhados à banca e são assim divididos:

  • Vídeo 1: Tem caráter eliminatório e classificatório e é obrigatório para todos os candidatos. Consiste no registro de uma performance instrumental. 
  • Vídeo 2: Tem caráter classificatório e é obrigatório para todos os candidatos aprovados no Vídeo 1. Consiste no registro de solfejos. 
  • Vídeo 3: Tem caráter classificatório. Seu conteúdo é específico ao curso ou modalidade pretendida. Para mais detalhes, é fundamental checar o Edital na página da Comvest.

Além disso, os vídeos também precisam atender a alguns requisitos, como:

  • Ser apresentados em arquivos digitais nos formatos avi, mp4 ou mkv
  • Enquadrar o corpo inteiro do candidato, deixando claramente visíveis o rosto e sua habilidade ao tocar o instrumento escolhido
  • A câmera deve ser fixa e está proibido o uso de qualquer tipo de edição ou manipulação do conteúdo.

É importante lembrar, ainda, que, antes de iniciar sua performance musical em cada um dos vídeos, o candidato deverá dizer nos vídeos seu nome, número de inscrição, curso a que está concorrendo e nome da peça que irá executar

Data 20 a 30 de setembro de 2024
LocalOnline.
Critérios de avaliaçãoDesenvolvimento técnico; Quando pertinente: o dedilhado, a postura, o controle de arco, além da afinação, ritmo, articulação e fraseado; Desenvolvimento interpretativo e expressividade musical; Afinação, precisão rítmica, nomeação correta das notas, funções ou graus harmônicos (quando solicitado) e fluência do discurso musical; Didática (para candidatos à modalidade de Licenciatura).
O que levar?O candidato não precisa levar objetos para a avaliação.

O que levar no dia da prova do vestibular da Unicamp?

Nos dias das provas do vestibular Unicamp, você deverá comparecer com:

  • seu documento de identidade registrado durante a inscrição
  • caneta preta fabricada em material transparente
  • lápis preto
  • borracha.

Além disso, no primeiro dia da segunda fase é necessário levar uma foto 3×4 tirada no ano de realização da inscrição.

Você também pode levar, se quiser:

  • régua transparente
  • compasso
  • água, refrigerante e/ou suco
  • alimentos.

Como foram as provas das edições anteriores?

Confira, abaixo, os links para as provas e os gabaritos das últimas edições do vestibular Unicamp:

No portal do Comvest você também pode ter acesso às provas comentadas de todas as edições. Confira!

Como são calculadas as notas?

As notas do vestibular da Unicamp variam de acordo com o desempenho na primeira e na segunda fase, bem como com a opção de curso desejada pelo participante. 

Por se tratar de um vestibular específico, conhecer os mecanismos de atribuição de nota é fundamental para entender o seu desempenho. Entenda!

Notas da primeira fase da Unicamp

De acordo com o Edital do Vestibular Unicamp 2025, cada questão da prova de Conhecimentos Gerais (Primeira Fase) vale 1 ponto. A nota da primeira fase, portanto, equivale ao número de questões acertadas (N).

Além disso, ​​a todos os candidatos será atribuída uma nota padronizada da 1ª fase (NPF1). A padronização atribui 500 pontos à média e 100 pontos ao desvio padrão das notas brutas. A NPF1 do(a) candidato(a) é dada por: NPF1 = 500 + (N – M) x 100/DP, em que:

  1. N é a nota da prova de Conhecimentos Gerais;
  2. II. M é a média da nota dos candidatos presentes na 1ª fase, excluídas as notas iguais a 0 (zero). M será arredondada para uma casa decimal com precisão de 0,5;
  3. III. DP é o desvio padrão das notas dos candidatos presentes na 1ª fase, excluídas as notas iguais a 0 (zero). DP será arredondado para uma casa decimal com precisão de 0,5;

Além disso, a Nota Padronizada da 1ª fase (NPF1) será arredondada para uma casa decimal com precisão de 0,1.

Para os candidatos que fazem a Prova de Habilidades Específicas, o cálculo é semelhante, levando em consideração a nota da prova de Habilidades Específicas e a média de notas dos demais candidatos.

A NPF1 é a nota que será utilizada para a classificação dos candidatos. Por isso, serão convocados para a segunda fase apenas os candidatos cuja Nota Padronizada fique acima de 550 pontos.

Notas da segunda fase da Unicamp

Para a segunda fase, cada questão dissertativa vale 4 pontos, sendo 2 pontos para cada item da questão. São consideradas as seguintes provas:

  • Comuns a todos os candidatos: prova de Redação; prova de Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa; prova de Matemática; prova Interdisciplinar (Inglês, Ciências Humanas e Ciências da Natureza);
  • Provas de conhecimentos específicos, conforme a área do curso de opção;
  • Provas de Geografia, História, Filosofia e Sociologia (para Humanas/Artes);
  • Prova de Habilidades Específicas, para os cursos que a exigem.

Os candidatos que obtiverem nota 0 em qualquer uma das provas estão eliminados do Vestibular Unicamp. 

Posso pedir revisão de prova na segunda fase da Unicamp?

Não. De acordo com o Edital do Vestibular Unicamp 2025, não será concedida a vista ou a revisão de provas para nenhum candidato.

Eventuais objeções a alguma questão do exame devem ser encaminhadas à Comvest por remetente identificado, apresentadas por correio eletrônico, no prazo de até 3 (três) dias após a realização de cada prova. Em seguida, serão analisadas pelas Bancas Elaboradoras, desde que devidamente embasadas. O resultado do recurso/impugnação será comunicado exclusivamente ao(à) interessado(a), através de correio eletrônico.

E-BOOK GRATUITO

Saiba como ter uma rotina de estudos produtiva para manter a motivação e passar no curso dos sonhos!

Nota final do Vestibular Unicamp 2025

Para o cálculo da nota final de classificação, as notas das provas da 2ª fase, incluindo a prova de Redação, serão padronizadas.

Para isso, será atribuída uma nota padronizada (NP) em cada prova. A padronização atribuirá 500 pontos à média e 100 pontos ao desvio padrão. A NP do(a) candidato(a) em cada prova será dada por: NP = 500 + (N M) x 100/DP, em que:

  1. N é a nota bruta obtida na prova;
  2. M é a média da prova entre todos os candidatos que a fizeram e obtiveram nota maior do que 0 (zero). M será arredondada para uma casa decimal com precisão de 0,5;
  3. DP é o desvio padrão da distribuição de notas da prova entre todos os candidatos que a fizeram e obtiveram nota maior do que 0 (zero). DP será arredondado para uma casa decimal com precisão de 0,5;

Quando necessário, também será padronizada as notas das provas de Habilidades Específicas. 

Em seguida, será atribuída ao candidato uma Nota Padronizada de Opção (NPO), que levará em consideração a opção do curso escolhido. Dessa forma, o candidato será classificado entre outros candidatos que optaram pelo mesmo curso. 

A NPO será dada por: NPO = 0,15 NF1 + 0,20 NR + 0,65 NF2, em que: 

  1. NF1 é a Nota Final da 1ª fase;
  2. NR é a nota padronizada da prova de Redação;
  3. NF2 é a nota das questões da 2ª fase dada pela média ponderada das provas de Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa, Matemática, Interdisciplinar, Provas de Conhecimentos Específicos (2 provas de acordo com a área do curso escolhido) e Habilidades Específicas.

Vestibular Unicamp ou Enem: qual é melhor?

Se você está em dúvida sobre a realização do vestibular Unicamp ou do Enem, pense sobre suas prioridades. Afinal, o vestibular Unicamp é próprio para o ingresso nessa universidade, enquanto a nota do Enem pode ser utilizada para conseguir uma vaga em centenas de cursos e universidades por todo o país.

Por outro lado, parte das vagas da Unicamp são destinadas para um edital específico que utiliza a nota do Enem. É importante ter em mente que se trata de uma pequena parcela das vagas oferecidas, mas é um possível meio de entrada na universidade.

Leve em conta, ainda, que o vestibular da Unicamp exige conhecimentos específicos em uma prova discursiva, enquanto o Enem exige apenas conhecimentos gerais e aplica questões de múltipla escolha, além da redação. 

Portanto, se tiver que optar entre um e outro exame, analise o que mais te interessa e faz sentido para você. Trata-se de uma decisão importante e que deve ser pensada com cuidado.

Quais são os cursos oferecidos pela Unicamp?

A Unicamp oferece 66 cursos de graduação, e você poderá optar por duas opções que estejam dentro da mesma área. São elas:

  • Humanas/Artes
  • Biológicas/Saúde
  • Exatas/Tecnológicas.

Lembre-se: se você optar por um curso que exige prova de habilidade específica, ele deve ser a sua primeira opção no vestibular.

Você pode conferir a lista completa de cursos no portal da Comvest.

Como estudar para o vestibular Unicamp?

O vestibular Unicamp é reconhecido por ser bastante criterioso na seleção dos candidatos. Por isso, se você deseja ser um estudante desta universidade, é importante começar a se preparar com antecedência e se dedicar para a prova.

Confira algumas dicas que preparamos para você se dar bem.

1. Organize os seus estudos

A primeira dica para você que quer se dar bem no vestibular Unicamp é: seja organizado. Como se tratam de provas exigentes, é fundamental organizar o seu cronograma para dar conta de estudar o que precisa para se dar bem.

Confira o Manual do Ingresso, veja quais são as disciplinas exigidas nas provas do seu curso e organize a sua rotina, sempre acompanhando se você está em dia com o seu cronograma e não se esquecendo de realizar simulados para conhecer bem e se adaptar às provas.

Para os candidatos de cursos que exigem a prova de habilidades específicas, a organização é ainda mais importante. Afinal, você também precisará separar um horário para treinar para essa terceira etapa.

Mantendo a organização, você não corre o risco de ficar desesperado nos últimos momentos e ainda se prepara da melhor forma possível para garantir o resultado que você precisa.

2. Confira as últimas provas

Analisar as provas dos últimos vestibulares é uma ótima dica não apenas para quem quer entrar na Unicamp, mas para todo mundo que vai prestar um vestibular ou fazer o Enem.

Você pode, por exemplo, realizar as últimas provas no modelo de simulados. Assim, além de ir conhecendo o modelo da prova, dando tempo para o seu corpo e a sua  mente se adaptarem até o dia do vestibular, você também consegue entender quais assuntos são mais exigidos, por exemplo.

Analisar e fazer as provas anteriores, portanto, além de um ótimo treino, é também um ótimo preparo. Essas provas estão disponíveis no site da Comvest, mas nós também separamos os links aqui neste artigo, na seção “Como foram as provas das edições anteriores?”.

3. Dê a devida importância à redação

Muitos candidatos deixam de se importar com a redação, treinando apenas os exercícios ao longo do ano, e correm o risco de perder muitos pontos e até mesmo a vaga no curso dos sonhos por conta disso.

A redação é uma etapa importante do vestibular Unicamp, podendo interferir bastante em sua pontuação final.

Além disso, como não sabemos nem o gênero nem o tema que será exigido de antemão, é fundamental que o candidato esteja bem preparado para conseguir produzir um texto que esteja adequado aos critérios de correção.

Existem diversas maneiras de treinar a sua redação, uma delas é online. Atualmente, existem plataformas que te permitem escolher um tema para escrever e enviar para a correção. Assim, você consegue identificar quais pontos precisa melhorar para conseguir uma boa nota. 

Como treinar a redação da melhor forma?

A Imaginie é a plataforma perfeita para se preparar para a redação da Unicamp. Com uma gama de mais de 130 temas, inclusive de edições anteriores dos vestibulares, você consegue treinar a sua escrita da melhor maneira! 

Feita por profissionais de Letras, a correção da Imaginie é detalhada e te mostra os pontos fortes e fracos, além de recomendações de escrita e vídeos de especialistas. Os planos da plataforma também incluem monitoria ilimitada via chat, onde você consegue tirar dúvidas sobre as correções e melhorar suas habilidades cada vez mais.

Preparado para arrasar no vestibular Unicamp? Conheça os planos da Imaginie e comece a treinar sua redação para conquistar uma excelente nota na prova!

Utilize o cupom
BLOGIMAGINIE
e receba
20% de desconto

Autores

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 + quatro =

Posts relacionados

[Ebook]

7 dicas para dar um gás nos estudos e aprender mais rápido

Está se preparando para o Enem e demais vestibulares e quer saber como aprender mais rápido? Então este ebook foi feito para você. Nele você encontra 7 dicas quentes para dar um gás nos estudos!

[Ebook]

Melhorando o seu Repertório Sociocultural

Quer melhorar o seu repertório sociocultural, mas não tem ideia de como fazer isso? Então este ebook foi feito para você! Nele você vai encontrar várias fontes para enriquecer sua redação!

  JÁ COMEÇOU!  
22/07
ÀS 18H

Ative o sininho de notificações, participe e receba ao vivo cupons de até  50% de desconto! 
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.

Imaginie para todos: democratizando o ensino de redação no Brasil

Se você é um aluno de escola pública, agora pode estudar para o Enem de graça com a Imaginie. Conheça melhor o projeto Imaginie para todos!

Calendário do vestibular 2021: Confira as datas dos principais processos

Ficou confuso na hora de pesquisar sobre os vestibulares que quer fazer? Teve dificuldade para encontrar as informações? Achou tudo muito desorganizado? Então este calendário é para você!

[Infográfico gratuito]

O que cai
em cada disciplina do Enem?

Você está perdidinho sobre o que estudar para o Enem? Saiba quais são as matérias mais cobradas em cada disciplina neste infográfico gratuito que preparamos para você!

Mapa mental grátis

Decorar as regras de acentuação gráfica não é uma tarefa fácil, certo? Mas ela se torna um pouco mais simples com um mapa mental!

Plano de estudos para o Enem 2020

Quer um guia para se preparar para o Enem 2020? Baixe o nosso plano de estudos gratuitamente aqui!

Mapa mental grátis

Decorar as regras de acentuação gráfica não é uma tarefa fácil, certo? Mas ela se torna um pouco mais simples com um mapa mental!

Folha de redação guiada: produza um texto nota 1000!

Criamos esse modelo de redação guiada com dicas para você acertar na hora de fazer a sua própria produção textual para o Enem 2020!

Como ter uma rotina de estudos produtiva?

Aprenda técnicas para aprender mais em menos tempo!

Faça seu cadastro para receber nossa Newsletter