18 tipos de conectivos para redação que vão te ajudar a desenvolver sua escrita

Por: Ana Massêo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Os conectivos são muito exigidos em redações e você pode já ter sido cobrado em suas produções quanto ao uso deles. Mas você sabe o que é isso ou já parou para pensar por que eles são tão importantes na composição textual? 

Os conectivos para redação são os grandes responsáveis pela chamada coesão, um tópico fundamental para que o leitor compreenda bem a relação de sentido entre as partes do seu texto. 

Em qualquer redação eles são extremamente necessários. Entretanto, para os vestibulares, é ainda mais importante prestar atenção em seu bom uso. 

No Enem, por exemplo, as competências 1, 3 e 4 da correção visam a colocação adequada dos conectivos em seu texto, garantindo fluidez e conexão entre suas ideias. 

Por isso, vamos te apresentar a seguir tudo o que você precisa saber sobre conectivos para redação mais 18 tipos que vão fazer total diferença na hora de escrever. Vamos lá?

Entenda o que são os conectivos para redação e para que eles servem

Os conectivos, como o próprio nome diz, são palavras e expressões utilizadas para conectar elementos textuais como frases, orações, períodos e parágrafos. Mas qual a importância de utilizá-los?

Além de garantir que seu texto fique organizado, esse elemento é responsável pelo que chamamos de coesão textual, algo fundamental para que sua redação fique coerente

18 tipos de conectivos que você pode usar em sua redação

Então, quer garantir que todas suas ideias fiquem bem organizadas dentro do texto? São diversos os tipos de conectivos existentes para te ajudar a fazer isso!

A seguir, separamos uma lista com os 18 tipos mais utilizados para te ajudar a escrever sua redação. Bora conferir? 

1. Ideia de soma

Caso seu intuito seja acrescentar informações, ideias ou argumentos ao texto, você pode utilizar os conectivos que representam soma.

Confira alguns exemplos: 

  • e;
  • mais;
  • nem;
  • também;
  • não só…mas também;
  • assim como;
  • como também;
  • ademais;
  • outrossim;
  • além disso;
  • em adição.

Para ficar mais simples de entender, vamos a um exemplo sobre a aplicação de um conectivo para redação que apresenta essa ideia: 

“É importante não só a sua presença neste evento, como também a do seu colega de trabalho.” 

“Maria foi professora da Faculdade de Direito em 2019. Além disso, foi coordenadora do curso nesse mesmo período.”

2. Ideia de conclusão

Esse tipo é usado principalmente na hora de concluir um parágrafo, dando maior clareza para as ideias apresentadas. 

Alguns exemplos são: 

  • logo; 
  • portanto;
  • então; 
  • assim; 
  • enfim; 
  • por isso; 
  • por conseguinte; 
  • de modo que; 
  • dessa forma; 
  • em resumo; 
  • em síntese;
  • assim sendo. 

Colocando em prática, a seguir temos algumas aplicações desse tipo:

“Em resumo, podemos notar o aumento da taxa de suicídio devido aos dados apresentados.”

“Pelé fez muitos gols quando era jogador de futebol. Por isso, hoje é um dos jogadores mais renomados.” 

3. Ideia de contraposição

Se você está querendo contrapor uma ideia em relação a outra, é bom utilizar os conectivos para redação que apresentam ideia de contraposição, como:

  • mas; 
  • porém; 
  • todavia; 
  • contudo; 
  • entretanto; 
  • no entanto; 
  • senão;
  • embora;
  • ainda que; 
  • mesmo que;
  • mesmo quando;
  • apesar de que;
  • se bem que;
  • não obstante.

Confira os exemplos a seguir para aprender a colocar em prática: 

A aprovação da Lei Maria da Penha foi um grande avanço, porém ela não surtiu todos os efeitos esperados.”

“Thiago conseguiu tirar uma nota muito boa na prova. Entretanto, não foi o suficiente para atingir a média em matemática.”

4. Ideia de alternância

Como o próprio nome diz, o uso desse conectivo serve para acrescentar ideias alternadas. 

Confira alguns exemplos: 

  • ou…ou; 
  • ora…ora; 
  • já…já; 
  • não…nem; 
  • quer…quer; 
  • seja…seja; 
  • talvez…talvez.

Se você ainda está em dúvida de como utilizá-los, saiba como aplicar na prática:

Ou ela estuda ou trabalha.”

Ora ele se prepara para a apresentação, ora ele estuda para a prova.”

“Joana não conseguiu estudar para a prova nem fez o trabalho para hoje.”

5. Ideia de comparação

Com o intuito de comparar ideias e estabelecer uma relação com o que já foi dito anteriormente, você pode utilizar os conectivos que expressam ideia de comparação.

Veja alguns exemplos: 

  • que; 
  • do que; 
  • mais que; 
  • menos que; 
  • tão…quanto; 
  • tão…como; 
  • tanto…quanto; 
  • tão…como; 
  • tal qual; 
  • da mesma forma; 
  • da mesma maneira; 
  • igualmente;
  • bem como.

Para aprender a colocar em prática, confira os exemplos a seguir:

Aquele garoto é mais estudioso do que o restante dos alunos.”

 Da mesma forma que Lucas não teve tempo de ler os livros, Maria também não teve.” 

Banner de divulgação do Mapa Mental sobre Acentuação gratuito. Link para: https://conteudo.imaginie.com.br/mapa-mental-acentuacao?utm_source=blog-post&utm_medium=banner&utm_campaign=material-rico

6. Ideia de explicação

Se você está querendo esclarecer as causas ou consequências de algum fato anterior, os conectivos para redação que expressam ideia de explicação são os ideias para você! 

  • pois; 
  • porque; 
  • que; 
  • porquanto; 
  • por isso; 
  • assim; 
  • visto que; 
  • já que; 
  • uma vez que; 
  • por conseguinte; 
  • por causa de; 
  • em virtude de;
  •  de tal forma que.

Para ficar mais fácil de entender, veja os exemplos na prática:

É importante estudar, já que as provas começam na próxima semana.” 

Uma vez que os alunos já estudaram previamente, será mais fácil todos atingirem a nota máxima.”

7. Ideia de conformidade

Com o intuito de expressar conformidade com uma ideia ou argumento, você pode utilizar esse tipo de conectivo. 

Confira alguns exemplos: 

  • conforme; 
  • como; 
  • segundo; 
  • consoante; 
  • de acordo com; 
  • de conformidade com.

Se ainda não ficou muito claro como usar, veja os exemplos a seguir:

Segundo o prefeito da cidade, as obras estão prestes a acabar.”

Conforme dito pela professora, as aulas foram suspensas na próxima semana.” 

8. Ideia de condição

Já esse tipo de conectivo é usado para expressar circunstâncias hipotéticas em relação a uma situação futura. Eles são:

  • se; 
  • caso; 
  • desde que; 
  • contanto que; 
  • exceto se; 
  • salvo se; 
  • a menos que; 
  • a não ser que.

Quer aprender como usar na prática? Nossos exemplos:

“Você consegue sua aprovação no vestibular, desde que estude com antecedência.”

A menos que você mude sua postura, você não conseguirá estudar todo o conteúdo necessário.” 

9. Ideia de proporção

Caso você queira expressar uma ideia de proporcionalidade, utilize os conectivos de proporção. Como:

  • à medida que; 
  • à proporção que;
  • ao passo que; 
  • quanto mais; 
  • quanto menos.

Na prática, fica assim:

Quanto mais você estudar, mais chances de conseguir a nota 1000.”

À medida que você se prepara mais para a prova, suas chances de passar aumentam.”

10. Ideia de finalidade

Para mostrar que você tem um propósito definido que deseja alcançar, você pode fazer uso dos conectivos que expressam ideia de finalidade. 

Veja alguns exemplos:

  • a fim de que; 
  • para que; 
  • com o fito de; 
  • com a finalidade de; 
  • ao propósito; 
  • com o objetivo de; 
  • com a intenção de.

Que tal agora ver alguns exemplos na prática?

Com a intenção de passar no vestibular, Mariana escreve três redações por semana.”

“Luís escreve três redações por semana a fim de que consiga alcançar a nota 1000 no Enem.” 


11. Ideia de exemplificação

Muito utilizados na redação para dar credibilidade aos seus argumentos, os exemplos podem ser inseridos em seu texto através de conectivos que apresentam essa ideia, como: 

  • exemplificando; 
  • por exemplo; 
  • isto é; 
  • tal como; 
  • em outras palavras.

Para aprender a colocar em prática, veja alguns exemplos:

“Praticar a escrita com frequência aumenta suas chances de alcançar a nota 1000 no Enem. A estudante Mariana, por exemplo, atingiu a nota máxima escrevendo três redações por semana.”

Tal como mostrado nos dados da apresentação, 40% dos alunos atingiram mais de 800 pontos na redação.”     

12. Ideia de dúvida

No caso de você desejar expressar incerteza ou probabilidade, use os conectivos com ideia de dúvida.

Confira a seguir: 

  • talvez; 
  • porventura; 
  • provavelmente; 
  • possivelmente; 
  • quiçá; 
  • é provável; 
  • é possível; 
  • por ventura; 
  • quem sabe.

Na prática, veja situações em que os conectivos de dúvida podem ser utilizados:

É possível que você passe em matemática se estudar bem para a prova.”

“Quando Lucas conseguir praticar mais temas para a redação, provavelmente ele alcançará uma nota boa.”

13. Ideia de certeza

Diferente do conectivo anterior, o objetivo nesse caso é expressar certeza ou ênfase. 

Confira os exemplos abaixo:

  • por certo; 
  • certamente; 
  • realmente; 
  • seguramente; 
  • efetivamente; 
  • incontestavelmente; 
  • com certeza; 
  • sem dúvida; 
  • inquestionavelmente; 
  • decerto; 
  • evidentemente; 
  • realmente; 
  • exatamente; 
  • com toda a certeza.

Para entender melhor na prática, veja os exemplos com conectivos de certeza:

“Depois de tantos meses de estudo, certamente você alcançará a nota desejada.”

“Tendo em vista que ele é formado em direito, decerto podemos confiar em suas informações sobre o caso jurídico.” 

14. Ideia de negação

Se o seu intuito for expressar uma ideia negativa, você pode utilizar os conectivos de negação.

Veja alguns exemplos:

  • nunca; 
  • jamais; 
  • tampouco; 
  • de modo algum; 
  • de jeito nenhum; 
  • em hipótese alguma.

Com os exemplos abaixo fica mais claro entender o uso dos conectivos de negação:

Em hipótese alguma você deve abrir a porta para desconhecidos.”

“Fernanda nunca estudou para o Enem, tampouco para outro vestibular.” 

15. Ideia de ordem, frequência ou sucessão

Uma ótima opção para ordenar suas ideias e argumentos é utilizando os conectivos que expressam ordem, frequência ou sucessão.

Confira alguns exemplos: 

  • primeiramente; 
  • ultimamente; 
  • antes; 
  • depois; 
  • logo depois; 
  • frequentemente; 
  • sempre; 
  • assim que; 
  • logo que; 
  • desde que; 
  • ao mesmo tempo; 
  • então; 
  • a princípio; 
  • quando; 
  • imediatamente; 
  • logo após; 
  • posteriormente; 
  • em seguida; 
  • por fim;
  • ocasionalmente.

No seu texto, você pode usar da seguinte forma:

Logo após sair da escola, Luiza foi para a aula de natação.” 

Primeiramente, Marcos abriu seus cadernos. Em seguida, pegou seu estojo. Por fim, começou a estudar.”

Ao mesmo tempo que Luana está estudando para o vestibular, seu irmão está estudando para passar de ano na escola.”

16. Ideia de surpresa

Para expressar uma ideia de algo que não estava previsto para acontecer, você pode usar os conectivos que expressam surpresa.

Confira alguns exemplos: 

  • subitamente; 
  • de repente; 
  • de súbito; 
  • inesperadamente; 
  • imprevistamente; 
  • surpreendentemente.

Vamos aprender na prática como usar esse tipo de conectivo? 

“Enquanto todos estavam distraídos, inesperadamente Juliana apareceu em sua festa surpresa.”

De repente percebemos uma movimentação próxima à janela.” 

17. Ideia de reformulação

Os conectivos que expressam ideia de reformulação são usados para retomar e reformular uma ideia já apresentada. 

Veja exemplos: 

  • em outras palavras; 
  • mais precisamente; 
  • ou melhor; 
  • dito de outro modo; 
  • em outros termos; 
  • quer dizer; 
  • mais corretamente.  

Na prática, os conectivos para redação com ideia de reformulação ficam assim:

“Mariana não vai conseguir a nota necessária para passar no curso que queria. Ou melhor, ela não estudou o suficiente para isso.”

“Tirar 1000 na redação do Enem é extremamente importante para sua média final. Em outras palavras, conseguir uma nota boa na redação te dá mais chances de ser aprovado no vestibular.” 

18. Ideia de resumo

Os conectivos que expressam ideia de resumo são ótimos para se usar na conclusão de um parágrafo ou de um texto. Eles são:

  • em síntese; 
  • em suma; 
  • em resumo; 
  • enfim; 
  • portanto; 
  • dessa forma; 
  • dessa maneira; 
  • desse modo; 
  • assim sendo; 
  • resumindo.

Confira os nossos exemplos:

Em resumo, podemos perceber que a violência contra as mulheres está muito relacionada ao assédio sexual.”

“Tirar uma nota boa na redação do Enem ajuda sua nota na média final. Dessa forma, quanto mais você praticar a escrita, mais chances de alcançar um resultado melhor.” 

Além de necessários na redação, os conectivos também já apareceram em várias questões de vestibular. Dessa forma, fique atento ao seu bom uso e tente praticar utilizando a maior variedade possível em cada texto.

E, se você gostou das nossas dicas sobre conectivos para redação, que tal ficar por dentro de mais conteúdos como este? Faça o seu cadastro na Comunidade Imaginie e receba os melhores materiais diretamente em seu email! 

Banner de divulgação da Comunidade Imaginie com link para: https://conteudo.imaginie.com.br/comunidade-imaginie-enem-vestibular-redacao?utm_source=blog&utm_medium=banner&utm_campaign=blog-post

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Posts relacionados

Mapa mental grátis

Decorar as regras de acentuação gráfica não é uma tarefa fácil, certo? Mas ela se torna um pouco mais simples com um mapa mental!

Faça seu cadastro para receber nossa Newsletter