Como estudar redação? 8 dicas para colocar em prática

Por: Roberta Firmino

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Muitos alunos já sabem exatamente o que fazer para estudar as diversas disciplinas cobradas no Enem, como matemática, biologia, português, etc. A rotina costuma envolver atenção às aulas, revisão dos conteúdos e realização de exercícios.

Porém, quando falamos de redação, muita gente ainda não sabe o que fazer. E, apesar de a produção textual compor uma boa parte da pontuação total dos mais diversos exames, como Enem, vestibulares e concursos, diversos candidatos acabam deixando essa parte da avaliação de lado por não darem a sua devida importância ou por não saberem como estudar redação.

Então, no artigo de hoje vamos falar sobre a importância de estudar a redação e te dar 8 dicas sobre como fazer isso. Confira!

Por que estudar redação?

A redação costuma ter um peso muito grande em provas no geral. Por isso, essa parte do exame pode definir se você conseguirá alcançar o seu objetivo ou não, seja ele entrar em uma universidade pública ou conseguir um cargo público, por exemplo.

Quer ver alguns exemplos?

No Enem, a redação é responsável por 20% da pontuação total do Exame. Porém, em alguns cursos e universidades, o peso dessa etapa pode ser maior que o das demais provas. Em um curso de letras, por exemplo, as notas das avaliações de linguagens e redação podem ter maior peso do que as das outras disciplinas.

A partir daí, já podemos perceber que devemos dar a mesma (ou até mais) importância à redação do que damos às demais provas de um exame, dedicando um tempo de nossa rotina especificamente para essa etapa. 

E é exatamente sobre como estudar redação que nós vamos falar agora!


Como estudar redação?

Afinal, como estudar redação para o Enem ou outros vestibulares? É só seguir as dicas que separamos para você abaixo!

1. Leia bastante

Essa dica é clichê, mas é necessária! Além de aumentar o seu repertório sociocultural, já que é importante incluir a leitura de jornais, revistas, portais online, livros e outros tipos de materiais em sua rotina de estudos, essa prática também te ajudará em diversos aspectos, como:

  • assimilação das regras gramaticais;
  • aumento do seu vocabulário;
  • conhecimento sobre diferentes gêneros textuais;
  • estímulo da criatividade, dentre outros.

Então, tenha em mente que o básico é fundamental! A leitura é muito importante para que o seu desempenho nas redações melhore constantemente e para que você consiga um resultado satisfatório na prova.

2. Conheça os principais erros gramaticais e não caia neles

Muitos erros gramaticais podem acabar passando despercebidos na produção de um texto, mas, alguns deles, costumam ser bem comuns. Então, é importante que você os conheça e tenha atenção para não cometê-los em sua redação.

Nós produzimos um artigo em nosso blog exatamente sobre os 10 erros gramaticais mais comuns e menos óbvios. Não deixe de conferir!

3. Grave referenciais teóricos

É muito importante que você grave um ou dois referenciais teóricos para cada eixo temático, como problemas sociais, política, saúde, meio ambiente, etc. 

Esses referenciais podem servir como “coringa” para você fundamentar a sua argumentação sobre diversos temas dentro de um eixo temático. 

É lógico que é importante que você tenha um conhecimento geral sobre temas específicos, dentro de cada eixo, que têm a possibilidade de serem requisitados na redação. Porém, tendo em mente os referenciais teóricos sobre eixos mais amploste ajudará a fazer uma boa argumentação caso algum tema que você não imaginava seja exigido, por exemplo.

4. Leia o manual do participante

Para alcançar uma boa pontuação na redação, é fundamental que você conheça e entenda quais são os seus critérios de avaliação.

Por isso, um dos passos para você que está buscando como estudar redação é fazer a leitura do manual do participante do exame que você está fazendo. O Enem, por exemplo, avalia 5 competências na produção textual. Já a Fuvest, que realiza o processo seletivo para a Universidade de São Paulo (USP), possui critérios um pouco diferentes.

Então, a nossa dica é: leia o manual, fique por dentro do que será avaliado em seu texto e foque principalmente nesses pontos na hora de treinar e produzir a sua redação final. É nesses critérios que você poderá ter os seus pontos descontados, e não é isso que queremos, não é mesmo?

5. Coloque-se no papel de corretor

Que tal tentar analisar a sua redação com os mesmos critérios e olhar crítico que o corretor? Esse é um exercício de autoconhecimento que te ajudará a identificar quais são os seus pontos fortes e aqueles que precisam ser desenvolvidos para trabalhá-los posteriormente.

Além disso, quando você mesmo identifica o que precisa melhorar em seu texto, fica muito mais fácil aceitar o que precisa ser desenvolvido, encontrar esses pontos nas próximas produções textuais e melhorá-los, certo?

Você também conseguirá acompanhar o seu próprio desenvolvimento, observando o quanto melhorou com o passar do tempo. Acredite: é muito legal e estimulante ver o quanto você está crescendo rumo ao seu objetivo!

6. Treine muito

Aqui vai uma grande verdade para você que quer saber como estudar redação: não adianta nada colocar todas as outras dicas em prática se você não separar um tempo em sua rotina para praticar. Isso mesmo! É fundamental que você coloque a mão na massa e faça um verdadeiro exercício semanal da sua produção textual.

No geral, o ideal é que você faça pelo menos duas redações por semana. Porém, para algumas situações, como é o caso dos vestibulandos de medicina na reta final para o Enem, é necessário que seja produzido até mesmo um texto por dia.

E como fazer isso? Atualmente, existem no mercado plataformas muito acessíveis em que você encontrará propostas de redação referentes aos mais diversos temas para treinar. Você pode fazer a sua redação, enviá-la para a plataforma e recebê-la corrigida de acordo com os critérios do Enem, por exemplo.

Tudo isso acontece em um curto espaço de tempo  e você ainda terá acesso aos comentários de corretores especialistas sobre quais pontos precisa desenvolver.

Então, procure pela plataforma que melhor te atende e comece a praticar ainda hoje!

7. Treine redação com várias propostas

Outro ponto importante é que você não fique atrelado a apenas um eixo temático em suas práticas de redação. Isso porque um dos grandes erros dos estudantes é não entender, de fato, qual é a proposta de redação realizada pelo exame. Por isso, muitos acabam não conseguindo entregar um texto satisfatório por não cumprirem o que foi exigido.

Quer um exemplo?

Pense na seguinte proposta de redação: “as dificuldades do acolhimento de refugiados”. Nesse caso, o estudante precisaria falar realmente sobre as dificuldades desse acolhimento. Porém, muitos podem cair no erro de falar sobre acolhimento em geral, sem citar os desafios por conta de uma dificuldade de interpretar o que foi proposto.

É aí que entra a importância de ter contato com diferentes propostas, praticar a interpretação de cada uma e a realização do texto. Para isso, você precisará contar com uma plataforma de correção como citamos acima que oferece a possibilidade de você treinar com os mais diferentes temas.

8. Treine o repertório vocabular

Um dos pontos cobrados pelos corretores no Enem é a existência de um repertório vocabular variado na redação. Para atender esse requisito, é importante que você não faça a repetição constante de palavras e realize um bom uso dos conectivos, por exemplo.

E como aumentar e treinar o seu repertório vocabular? Lendo e escrevendo bastante! E aqui não estamos falando apenas das redações que você incluirá em sua rotina de estudos, mas também de outros textos que você produz no dia a dia.

Sempre que você não conhecer uma palavra durante uma leitura, não a ignore! Procure saber qual é o seu significado. Quem sabe ela poderá te ajudar em uma redação?

Durante os seus treinos, você também pode procurar por sinônimos para evitar a repetição de palavras e para aprender termos novos.

E então, gostou das nossas dicas sobre como estudar para redação? Já vai começar a colocá-las em prática? Que tal fazer o seu cadastro gratuito na Imaginie e começar a treinar ainda hoje?

Banner para cadastro na plataforma da Imaginie, direcionando para o link: http://app.imaginie.com/accounts/login/?utm_source=blog&utm_medium=artigo-como-estudar-redacao&utm_campaign=cadastro-na-plataforma&utm_content=banner

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Deixe um comentário

avatar

Posts relacionados

Mapa mental grátis

Decorar as regras de acentuação gráfica não é uma tarefa fácil, certo? Mas ela se torna um pouco mais simples com um mapa mental!

Faça seu cadastro para receber nossa Newsletter