Seus estudos não podem parar. E como incentivo, receba 15% de desconto com o cupom  ESTUDOEMCASA 

Saiba o que é um texto dissertativo-argumentativo e como escrevê-lo corretamente

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

O texto dissertativo-argumentativo é o gênero textual queridinho dos vestibulares — principalmente do Enem. E é provável que você esteja se perguntando o que é, afinal de contas, esse texto e como estudá-lo, acertei? 

A essa altura do campeonato, você está se dedicando ao máximo para cumprir seu cronograma de estudos para os vestibulares e ainda tentando otimizar cada minutinho do seu tempo para ver todo o conteúdo necessário, certo?

Pois bem, para ajudá-lo a se preparar bem para a prova que te dará acesso ao curso e universidade dos sonhos, vamos neste post te contar tudo sobre o texto dissertativo-argumentativo. Vamos lá?

O que é um texto dissertativo-argumentativo?

O texto dissertativo-argumentativo é um gênero textual, que como o próprio nome sugere, vai exigir que você disserte argumentativamente e defenda um ponto de vista sobre determinado tema. Na grande maioria das vezes, a temática desse texto vai envolver questões sociais e políticas atuais.

Vários são os vestibulares que cobram esse gênero textual em suas provas de acesso ao ensino superior, inclusive o Enem. É isso mesmo: a redação do Enem faz parte do gênero dissertativo-argumentativo. 

Esse gênero é muito exigido porque possibilita aos corretores avaliar vários aspectos, como, por exemplo, o uso da linguagem e norma culta do português, a habilidade de argumentação e convencimento e ainda o senso crítico em relação ao tema que deve ser trabalhado.

Porém, há algumas diferenças entre os vestibulares que exigem um texto dissertativo-argumentativo em suas provas. 

Como mencionamos, o Enem cobra o gênero dissertativo-argumentativo, mas exige que você produza uma redação com uma proposta de intervenção, outros vestibulares, que não adotam o Enem como uma das fases de seu processo de seleção, podem variar e cobrar a carta argumentativa ou mesmo o artigo de opinião.  

A seguir vamos te contar um pouquinho melhor sobre esses três tipos textuais mais comuns que fazem parte do gênero dissertativo-argumentativo, mostrando algumas semelhanças e diferenças entre eles.

Quais são as semelhanças e diferenças entre a Redação Enem, a Carta Argumentativa e o Artigo de opinião?

Confira abaixo as principais semelhanças e diferenças entre os três tipos textuais mais comuns que fazem parte do gênero dissertativo-argumentativo.

1. Redação Enem

A redação Enem é um texto que exigirá que você proponha soluções detalhadas sobre o tema desenvolvido. E essa é a grandessíssima diferença entre este texto e a carta argumentativa e o artigo de opinião.

Bom, além disso, na hora de desenvolver esse texto você deve prezar por uma impessoalidade e para isso deverá utilizar a terceira pessoa do plural: “eles”. Outra característica marcante é que você deve ser objetivo em sua linguagem, sem marcas de subjetividade, como “penso” ou “acho”. 

Um ponto em comum é que assim, como a carta argumentativa e o artigo de opinião, se você estiver fazendo uma redação vai precisar apresentar dados, fatos e exemplos, ou seja, argumentos válidos, que embasem o seu ponto de vista (que deverá ser claro) em relação ao tema trabalhado no texto. 

Lembre-se que sendo um texto dissertativo-argumentativo, você deverá saber argumentar, que é nada mais nada menos que selecionar ideias que defendam o seu ponto de vista e ainda convençam o leitor de que o seu posicionamento é o correto.

2. Carta argumentativa

Esse é um texto que possui a estrutura de uma carta e, por isso, deve contar com um cabeçalho que possua a identificação espaço-temporal; com a descrição do interlocutor de sua carta, ou seja, a quem ela é destinada e no final deve apresentar uma assinatura de quem escreveu aquele texto. 

Porém, diferente de uma carta onde se conta uma história ou um fato a um amigo qualquer, o conteúdo da carta argumentativa será, na maioria das vezes, questões políticas e sociais e você terá que convencer o seu interlocutor a fazer algo a respeito daquilo, como por exemplo, votar em um projeto de lei X, caso o destinatário de seu texto seja um deputado.

Assim como os demais textos que fazem parte do gênero dissertativo-argumentativo, você deverá eleger e organizar argumentos para defender e convencer o interlocutor de que o seu ponto de vista está correto.

3. Artigo de opinião

O artigo de opinião é um texto com um nome que já demonstra pra gente o que ele quer de nós. Ele quer então que você exponha a sua opinião a respeito de algum tema específico. 

Aqui, diferente da redação do Enem, há o uso de expressões subjetivas, como “eu acho”, “eu penso” etc., o uso da primeira pessoa do plural é liberado, assim como na carta argumentativa, e há ainda marcas de “diálogo” com o interlocutor do texto.

Assim como os outros dois textos, esse tem como ponto central a argumentação e a defesa de um ponto de vista. Mas aqui ainda mais que nos demais, você deve, de fato, concentrar seus esforços em convencer o leitor de seu texto de que sua opinião sobre o determinado assunto é correta.

Agora que você conhece um pouquinho melhor 3 tipos textuais que fazem parte do gênero dissertativo-argumentativo chegou a hora de conhecer a estrutura geral deste texto. Bora lá?

Qual é a estrutura de um texto dissertativo-argumentativo?

O texto dissertativo argumentativo vai possuir uma estrutura comum com uma introdução, um desenvolvimento e uma conclusão. Veja o que você deverá escrever, de maneira geral, em cada uma dessas partes.

1. Introdução

Na introdução de seu texto dissertativo-argumentativo, você deverá abordar o tema que será trabalhado no desenvolvimento. Utilize um parágrafo para isso e conte, de maneira breve, o que está por vir, mostrando do que se trata a proposta ou problemática a ser trabalhada. 

Uma boa dica para produzir uma boa introdução é contextualizar o tema historicamente, isso vai enriquecer o seu texto, mostrando que você conhece aspectos históricos a respeito da temática. 

2. Desenvolvimento

Você deve separar 2 parágrafos para o desenvolvimento de sua redação. Neles você irá defender claramente o seu ponto de vista a respeito do tema.

E para isso, você deverá coletar e concatenar de maneira coerente e coesa argumentos válidos, que poderão ser: dados estatísticos; frases e posicionamentos de especialistas; exemplos reais sobre o assunto ou ainda a comparação de um mesmo fato em países e épocas diferentes.

Todas essas estratégias argumentativas serão usadas por você para embasar o seu posicionamento e então mostrar ao leitor que o seu ponto de vista é o correto. 

3. Conclusão

No último parágrafo de seu texto dissertativo-argumentativo você irá concluir toda a ideia trabalhada durante o desenvolvimento. 

Aqui, você retomará o seu ponto de vista, reafirmando-o e encerrará o seu texto. Para a redação do Enem você deverá propor soluções para os problemas apresentados no desenvolvimento, o que não será cobrado em outros textos, como no artigo de opinião e mesmo na carta argumentativa. 

Portanto, ainda que você conheça a estrutura básica do gênero dissertativo-argumentativo é necessário também que você estude e saiba as características particulares de cada texto, ok?

E aí curtiu conhecer um pouco melhor sobre o texto dissertativo-argumentativo? Agora, que tal dar uma lida no post que te contamos 10 dicas de como tirar a nota mil na redação?

[MAPA MENTAL]

Estrutura da redação: conheça as características dos principais gêneros textuais que aparecem nos vestibulares

Autor

  • Yasmine Diniz

    Bacharel em Direito. Graduanda de Letras pela Universidade Federal de Minas Gerais. Amante da educação e fã de Friends.

    View all posts

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezenove + 16 =

Posts relacionados

[Ebook]

7 dicas para dar um gás nos estudos e aprender mais rápido

Está se preparando para o Enem e demais vestibulares e quer saber como aprender mais rápido? Então este ebook foi feito para você. Nele você encontra 7 dicas quentes para dar um gás nos estudos!

[Ebook]

Melhorando o seu Repertório Sociocultural

Quer melhorar o seu repertório sociocultural, mas não tem ideia de como fazer isso? Então este ebook foi feito para você! Nele você vai encontrar várias fontes para enriquecer sua redação!

  JÁ COMEÇOU!  
22/07
ÀS 18H

Ative o sininho de notificações, participe e receba ao vivo cupons de até  50% de desconto! 
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.

Imaginie para todos: democratizando o ensino de redação no Brasil

Se você é um aluno de escola pública, agora pode estudar para o Enem de graça com a Imaginie. Conheça melhor o projeto Imaginie para todos!

Calendário do vestibular 2021: Confira as datas dos principais processos

Ficou confuso na hora de pesquisar sobre os vestibulares que quer fazer? Teve dificuldade para encontrar as informações? Achou tudo muito desorganizado? Então este calendário é para você!

[Infográfico gratuito]

O que cai
em cada disciplina do Enem?

Você está perdidinho sobre o que estudar para o Enem? Saiba quais são as matérias mais cobradas em cada disciplina neste infográfico gratuito que preparamos para você!

Mapa mental grátis

Decorar as regras de acentuação gráfica não é uma tarefa fácil, certo? Mas ela se torna um pouco mais simples com um mapa mental!

Plano de estudos para o Enem 2020

Quer um guia para se preparar para o Enem 2020? Baixe o nosso plano de estudos gratuitamente aqui!

Mapa mental grátis

Decorar as regras de acentuação gráfica não é uma tarefa fácil, certo? Mas ela se torna um pouco mais simples com um mapa mental!

Folha de redação guiada: produza um texto nota 1000!

Criamos esse modelo de redação guiada com dicas para você acertar na hora de fazer a sua própria produção textual para o Enem 2020!

Como ter uma rotina de estudos produtiva?

Aprenda técnicas para aprender mais em menos tempo!

Faça seu cadastro para receber nossa Newsletter