Fotografia de uma pessoa escrevendo em uma folha de redação Enem.

Guia completo da redação Enem 2019

Roberta Firmino Dicas de Redação

A redação é uma etapa fundamental do Exame Nacional do Ensino Médio. Além de ser a única prova em que é possível tirar nota 1000, ela tem um peso bastante relevante para o cálculo da nota de cada participante.

Não é à toa que, para muitos participantes, a redação Enem dá aquele “empurrãozinho” para a entrada no curso dos sonhos. Mas não se engane: o contrário também acontece. Você pode se dar muito bem nas provas objetivas, mas sem uma boa pontuação na redação pode colocar tudo a perder.

Por isso, é fundamental dar a devida atenção a essa etapa. Neste artigo, você vai entender tudo sobre a redação enem: como ela é avaliada, como deve ser feita, quais são as regras e muito mais. Além disso, você poderá tirar todas as suas dúvidas sobre essa prova no Enem! Vamos lá?

Índice

Por que a redação Enem é importante?
Como deve ser feita a redação do Enem?
Como a redação Enem é avaliada?
Como estudar para a redação do Enem?
Quando será aplicada a prova de redação Enem?
Qual o tema da redação do Enem?
O que não fazer na redação do Enem?
O título na redação Enem é obrigatório?
A redação Enem deve ser feita de letra de forma ou cursiva?
A redação Enem deve ser escrita em 1º ou 3º pessoa?
Quantas linhas deve ter a redação do Enem?
Quais são os exemplos de boas redações?

Por que a redação Enem é importante?

Apenas no comecinho deste artigo, já deu para perceber a importância da redação Enem para a sua nota, certo?

Bom, se pensarmos apenas em uma média simples da sua pontuação, a redação já equivale a 20% da nota do Enem. Esse tipo de cálculo é usado no Programa Universidade Para Todos (ProUni), no Programa de Financiamento Estudantil (FIES) e em alguns dos cursos ofertados por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Porém, em determinadas universidades públicas que fazem o processo seletivo de estudantes pelo Sisu, o peso da pontuação da redação pode ser ainda maior, sendo fundamental para a entrada em alguns cursos específicos.

Então, não dá para deixar a redação de lado ou só confiar na sorte na hora de escrever! Assim como é necessário para as provas objetivas, é fundamental separar um tempo em sua rotina de estudos para a redação Enem. Assim, você aumenta as suas chances de entrar no curso dos sonhos!

Como deve ser feita a redação do Enem?

A redação do Enem deve ser elaborada de acordo com a estrutura e os elementos do gênero dissertativo-argumentativo. Porém, além de apresentar uma tese e argumentos que a defendam, ela também precisa apresentar uma proposta de intervenção. 

Ficou confuso com todas essas informações? Calma! Vamos explicar mais detalhadamente mais para frente.

Primeiramente, é importante que você saiba que a proposta de redação do Enem — o enunciado que aponta o que você deverá apresentar em sua redação — diz qual deverá ser o tema abordado e apresenta pelo menos 2 textos de apoio, dos quais um apresenta linguagem verbal (ou seja, é um texto mesmo) e o outro apresenta linguagem não-verbal (pode ser uma imagem, um gráfico, etc.).

Os textos de apoio servem para te guiar ainda mais no tema que deverá ser discutido e apresentar dados, que inclusive podem ser usados no texto se você apresentá-los com as suas próprias palavras.

A partir dessas informações, você deverá construir a sua redação Enem com base nas especificidades do texto dissertativo-argumentativo.

O que é um texto dissertativo-argumentativo?

Como o próprio nome já diz, o gênero textual dissertativo-argumentativo é usado para dissertar sobre determinado tema e defender um ponto de vista. Ele é muito exigido em provas de vestibulares e concursos em geral.

Geralmente, esse gênero é utilizado para abordar temas socialmente relevantes. No caso do Enem, as temáticas trabalhadas têm bastante relação com assuntos da atualidade no Brasil.

Para produzir uma redação dissertativa-argumentativa, você deverá seguir uma estrutura dividida em 3 partes: introdução, desenvolvimento e conclusão. Entenda melhor sobre cada uma delas:

1. Introdução

A introdução é o parágrafo inicial da sua redação Enem, onde você irá apresentar o tema que será abordado e a sua tese — ou seja, o seu ponto de vista em relação à temática.

Esse parágrafo único é fundamental para que você cative a atenção do leitor, e você pode fazer isso de diferentes formas: apresentando uma citação, uma situação histórica, fazendo uma afirmação crítica… enfim, existem diversos modelos de introdução que você pode adotar em sua redação.

2. Desenvolvimento

Geralmente, o desenvolvimento é composto por 2 parágrafos. É nessa etapa que você apresentará os argumentos que defendem a sua tese. Aqui, você pode trabalhar diversos tipos de argumentos: exemplos, causas e efeitos, evolução histórica, etc.

É importante que você desenvolva bem esses argumentos, e não apenas jogue as informações em seu texto. Você pode, por exemplo, usar um parágrafo para cada argumento.

Uma boa dica é escolher argumentos sobre os quais você tenha domínio, para que consiga trabalhá-los bem e mostrar como eles defendem a sua tese. Afinal, esse é o momento de mostrar o seu conhecimento sobre o assunto para o corretor!

3. Conclusão

A conclusão é o parágrafo final em que você fará o fechamento do seu texto. É importante ter em mente que nessa etapa você não pode inserir novos argumentos, afinal você não terá espaço suficiente para trabalhá-los e finalizar a redação.

Portanto, o parágrafo de conclusão serve para você retomar a ideia principal do seu texto e, no caso do Enem, apresentar uma proposta de intervenção — ou seja, propor uma medida viável para lidar com o problema em questão.

A proposta de intervenção precisa conter alguns elementos importantes. Confira!

Como fazer uma boa proposta de intervenção?

Uma proposta de intervenção completa deve apresentar os seguintes elementos: o que é, quem será o responsável por colocá-la em prática, como ela entrará em vigor e quais são os seus propósitos.

Ela não necessariamente precisa solucionar o problema e nem mesmo ser original. Você pode, por exemplo, trabalhar a melhoria de alguma medida já existente. O importante é que seja possível colocá-la em prática. E para isso é tão importante que você aborde os elementos que citamos acima!

Agora, um ponto que geralmente causa muita confusão entre os candidatos está relacionado aos responsáveis pela sua proposta de intervenção. Para te ajudar nisso, você pode decorar os 7 agentes a seguir, representados pela sigla GOMIFES:

  • governo;
  • Organizações Não Governamentais (ONGs);
  • mídia;
  • indivíduo ou iniciativa privada;
  • família;
  • escola;
  • sociedade.

É importante que você detalhe as informações da sua proposta de intervenção. Por isso, não basta apenas conhecer os agentes GOMIFES, é importante que você entenda, de fato, qual é o papel de cada um deles.

Confira o vídeo que preparamos sobre o assunto para você:


Como a redação Enem é avaliada?

No começo deste artigo, falamos sobre a redação ser a única prova do Enem em que é possível tirar 1000 pontos. 

Isso acontece porque enquanto as avaliações objetivas são pontuadas a partir da Teoria de Resposta ao Item (TRI), que não considera o nível de acertos e sim o nível de dificuldade de cada questão, a redação é pontuada a partir do nível de domínio do candidato sobre cada uma das 5 competências definidas pelo Enem.

As competências do Enem são as seguintes:

  • Competência I: demonstrar domínio da norma culta da língua portuguesa
  • Competência II: compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo
  • Competência III: selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista
  • Competência IV: demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação
  • Competência V: elaborar proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural

Você pode tirar até 200 pontos em cada uma dessas competências. Para determinar a sua nota, o corretor analisará qual é o seu nível de domínio em cada um dos critérios que apontamos acima. Ele pode ser:

  • desclassificado, que equivale a 0 pontos;
  • precário, que equivale a 40 pontos;
  • insuficiente, que equivale a 80 pontos;
  • mediano, que equivale a 120 pontos;
  • bom, que equivale a 160 pontos;
  • ótimo, que equivale a 200 pontos.

Sendo assim, se você alcançar o nível ótimo, ou seja, tirar 200 pontos em todas as competências, a sua redação receberá a nota 1000. É difícil, mas completamente possível! E, para isso, é necessário dedicação e prática. Não sabe como estudar? Então confira o próximo tópico!


Como estudar para redação do Enem?

Estudar para as provas objetivas não costuma ser um grande mistério para os candidatos. Geralmente, a rotina de estudos envolve leitura, atenção às aulas e realização de exercícios, certo?

Mas e a redação? Como incluí-la em seu cronograma e melhorar o seu desempenho?

Ao contrário do que muitos pensam, o preparo para a redação Enem não envolve apenas a leitura. É preciso colocar o seu conhecimento em prática, receber feedbacks e trabalhar para melhorar as suas habilidades nessa atividade também.

Existem diversas atividades que você pode incluir em sua rotina para escrever textos cada vez melhores, e nós falamos sobre vários deles em nosso artigo sobre como estudar redação

Mas, aqui, vamos falar sobre as 3 principais dicas para você alcançar melhores resultados nessa área:

1. Leia bastante

A leitura é fundamental para a construção de boas redações! Além de te ajudar a assimilar as regras de português, ela também amplia o seu repertório sociocultural, estimula a sua criatividade e te mantém atualizado sobre temas importantes e que podem ser cobrados no Enem.

Por isso, separe um tempo do seu dia para essa atividade e se dedique à leitura de diversos tipos de textos: jornais, blogs, livros, revistas, etc. Assim, você estará em contato com os mais diversos tipos de linguagem e temas, o que é muito positivo para a construção do seu próprio texto.

Banner de divulgação do ebook com dicas de filmes e documentários para aumentar o repertório sociocultural. Link para: http://conteudo.imaginie.com.br/filme-e-documentarios?utm_source=blog-post&utm_medium=artigo-redacao-enem&utm_campaign=material-rico&utm_content=banner

2. Pratique redação

Isso mesmo, escreva! A prática é fundamental para você aprimorar as suas habilidades de escrita. Afinal, não adianta nada acreditar que você domina determinado assunto em sua mente se você não sabe transformar todo o seu conhecimento em uma redação organizada e compreensível, certo?

Por isso, procure por possíveis temas de redação e escreva sobre eles nos moldes da redação Enem. Assim, além de conhecer a sua própria escrita, você também entenderá o tempo que leva para produzir um texto e como pode otimizar o seu processo.

Folha de redação Enem para imprimir

Quer treinar o seu texto em uma folha semelhante à do Enem e com dicas para você produzir uma boa redação? É só baixar o nosso modelo de redação guiada gratuitamente aqui!


3. Procure por feedbacks

Por fim, você precisa entender quais são os seus pontos fortes e em quais precisa melhorar até o Enem, certo? E, para isso, é necessário entender qual é o posicionamento de um especialista sobre a sua redação.

Então, recomendamos que você procure por correções com profissionais que já têm experiência na área e que estejam habilitados a apontar as competências às quais você precisa se dedicar mais.

A visão do outro sobre o seu texto te ajudará a visualizar pontos que passaram despercebidos e que podem ser melhorados nas próximas redações. Assim, você faz um trajeto de melhoria constante dos seus textos!

Quando será aplicada a prova de redação Enem?

A prova de redação Enem 2019 será feita no primeiro dia do Exame: 3 de novembro. Nesse mesmo dia, você terá que responder 90 questões referentes às provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Ciências Humanas e suas Tecnologias.

Os portões serão abertos às 12h e fechados às 13h. A prova terá início às 13h30 e você poderá fazê-la até as 19h. Ou seja, você terá 5 horas para responder as 90 questões, preencher o gabarito, fazer o rascunho da sua redação e passar a limpo.

Por isso, é necessário ter muita organização e controle do seu tempo para não passar aperto e conseguir fazer tudo sem desespero!

Redação Enem: antes ou depois?

Mas, afinal, devo fazer a redação Enem antes ou depois das provas objetivas?

Essa é uma pergunta frequente, já que pode interferir, e muito, em seu desempenho na prova.

Bom, nós recomendamos que você não deixe a redação por último. Isso porque a produção textual exige um processo criativo que, após a resolução das questões objetivas, pode ser prejudicado por conta do cansaço.

Então, o ideal é que você comece pela redação e depois parta para as questões objetivas. Assim, você também consegue controlar melhor o seu tempo e não corre o risco de zerar essa prova porque não deu tempo de fazer a redação no final!

Chegue descansado, anote suas ideias e produza a sua redação com dedicação. Quando chegar às questões objetivas, você já saberá quanto tempo tem para finalizar essa parte e preencher o gabarito. Melhor do que passar por aquela sensação de “deu um branco” para escrever a redação nos últimos minutos da prova, né?

Qual o tema da redação do Enem?

O tema da redação do Enem nunca é divulgado antes da prova. Isso quer dizer que você só saberá o que deve abordar em seu texto no dia da redação!

Porém, o Enem costuma exigir temas relacionados a assuntos da atualidade. Por isso, é importante que você fique atento aos assuntos que estão em pauta e aos palpites dos especialistas!

Para te ajudar nessa tarefa, nós produzimos um artigo com 15 possíveis temas de redação em 2019.

Além disso, você pode conferir especialistas falando sobre atualidades e como esses assuntos podem ser aplicado na redação do Enem em nosso podcast Dá Ideia. Confira os últimos três episódios abaixo:

Confira os últimos 6 temas da redação Enem

Quer ter uma ideia do tipo de assunto cobrado no Enem? Confira os temas de redação dos últimos 6 anos:

  • 2013: Efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil;
  • 2014: Publicidade infantil em questão no Brasil;
  • 2015: A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira;
  • 2016: Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil;
  • 2017: Desafio para a formação educacional de surdos no Brasil;
  • 2018: Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet.

O que não fazer na redação do Enem?

As regras de redação do Enem são bastante exatas quanto às atitudes que podem ser penalizadas no exame ou até mesmo zerar a sua produção textual.

Portanto, é muito importante que você conheça essas normas para evitar que a sua redação seja penalizada. Veja algumas ações que podem gerar descontos em sua pontuação:

  • desrespeitar os direitos humanos;
  • escrever na linguagem coloquial;
  • cometer erros gramaticais (acentuação, ortografia, pontuação, etc);
  • ultrapassar o recuo das linhas;
  • pular uma linha;
  • cometer erros de concordância e regência verbal ou nominal;
  • escrever um texto que não é coeso ou coerente;
  • não detalhar a proposta de intervenção, etc.

O que zera a redação Enem?

Por outro lado, você pode tirar zero na sua redação se:

  • produzir um texto não adequado ao gênero dissertativo-argumentativo;
  • escrever menos do que 8 linhas
  • copiar os textos motivadores de forma integral;
  • escrever o texto predominantemente em outro idioma que não seja português;
  • entregar a folha de redação oficial em branco;
  • inserir qualquer tipo de identificação fora do lugar designado para isso (assinatura, nome, apelido ou rubrica, por exemplo.
  • inserir um trecho desconectado do tema no meio da redação;
  • inserir desenhos ou outros trechos não verbais no texto;
  • fugir ao tema da redação;


O título na redação Enem é obrigatório?

Diferente de outros vestibulares, na redação Enem o título não é obrigatório. Inclusive, incluindo-o em seu texto, você correrá o risco de não optar por algo que seja tão atrativo para o corretor e ainda desperdiçar linhas que seriam úteis para completar as suas ideias.

Porém, se você escolher inserir um título em sua redação, coloque-o centralizado na primeira linha da folha de redação e comece o texto na linha seguinte. Não pule uma linha!

É importante ressaltar que o seu título deve ser atrativo e não copiar o tema da redação. Se optar por colocá-lo, ele deve estar de acordo com o que você aborda em seu texto.


A redação Enem deve ser feita de letra de forma ou cursiva?

O Enem não faz nenhuma exigência em relação ao tipo de letra que você vai escrever a sua redação. Porém, é fundamental que ela seja legível! Desde que o corretor consiga entender o seu texto, não importa se ele foi feito com letra de forma ou cursiva.

Também é importante que as letras maiúsculas se diferenciem das letras minúsculas. Portanto, se você escreve todo o seu texto com letra de forma maiúscula, no início das orações e em outros pontos que exigem a letra maíúscula originalmente, você deve fazer uma letra um pouco maior.

Se você escreve com letra cursiva mas faz as letras maiúsculas com letra de forma, não tem problema! O importante é que o corretor consiga fazer as diferenciações necessárias e ler a sua redação tranquilamente.

A redação Enem deve ser escrita em 1º ou 3º pessoa?

A redação Enem deve ser escrita em linguagem impessoal, ou seja, o ideal é que você escreva em 3º pessoa. 

Então, nada de colocar “eu acho” ou “eu acredito” em sua redação, ok? É perfeitamente possível expressar o seu ponto de vista de forma impessoal. 

Isso acontece porque o texto dissertativo-argumentativo é caracterizado por ter um afastamento entre o autor e o leitor, diferente de outros gêneros textuais, como a carta por exemplo.

Por isso, tenha atenção a esse detalhe na hora de produzir a sua redação!

Quantas linhas deve ter a redação do Enem?

Você deve escrever o seu texto em no máximo 30 linhas e no mínimo 8, para não ser eliminado. Porém, é praticamente impossível passar por todas etapas do texto dissertativo-argumentativo (introdução, desenvolvimento e conclusão) com uma redação tão pequena!

Veja uma sugestão de como você pode distribuir o seu texto no espaço que tem:

  • introdução: 1 parágrafo com cerca de 6 linhas;
  • desenvolvimento: 2 parágrafos com cerca de 7 linhas cada;
  • conclusão: 1 parágrafo com cerca de 6 linhas.


Quais são os exemplos de boas redações?

Nada melhor para produzir uma boa redação do que se inspirar em quem alcançou excelentes resultados, certo?

Por isso, preparamos um artigo com exemplos de redações nota 1000 no Enem especialmente para você aqui em nosso blog!

Além disso, temos uma categoria com exemplos de redação sobre os mais diversos temas. Aproveite e se inspire!

E aí, preparado para produzir a sua própria redação Enem nota 1000 neste ano? Agora que você chegou até aqui, baixe o nosso ebook gratuito com dicas importantes para você alcançar o melhor resultado!

Vamos debater sobre?

Rua Bernardo Guimarães, 2129 - Lourdes, Belo Horizonte - MG, 30140-087. Telefone: (31) 3517-1717

Copyright © 2015 Imaginie | Made in #SanPedroValley and Utah.