Seus estudos não podem parar. E como incentivo, receba 15% de desconto com o cupom  ESTUDOEMCASA 

Desafio #vem1000: A participação política do jovem no Brasil contemporâneo [Redação pronta]

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

No desafio #vem1000 de hoje, trouxemos o tema “A participação política do jovem no Brasil contemporâneo” para discutir algumas problemáticas sociais que ferem a democracia.

Veja uma redação pronta sobre o tema:

Exemplo de redação sobre o tema: A participação política do jovem no Brasil contemporâneo

O período da Ditadura Militar (1964 – 1985) caracterizou-se[1] principalmente, pela falta de democracia, supressão de direitos constitucionais, censura e perseguições. Atualmente, temos[2] um regime contrário a esse, a democracia, caracterizada pelo poder do povo, porém, grande parte dos jovens – que representam um terço do eleitorado brasileiro, mais de 40 milhões de pessoas[3] – acredita que “política é coisa de velho” e não se interessa em participar do regime, seja por não saber de fato a importância da política, seja por não ter uma instrução educacional nesse sentido. [4]

É relevante abordar, primeiramente,[12] que a presença dos jovens na política é essencial. Segundo Nick Couldry, sociólogo inglês, a presença de todas as “vozes” importa para a criação de uma democracia verdadeira.[5] Dessa forma, ao contrário da ditadura, os vários grupos sociais devem estar presentes no espaço e no debate político e público, pois a polifonia é primordial para a plena democracia. Porém, o Brasil, com poucos jovens nesse meio, patina[13] na continuidade da velha política, não registrando renovação de costumes políticos; ao contrário, trilhando caminhos da perpetuação. Logo, é necessário que os jovens brasileiros assumam seu papel perante a democracia para que o país não atenda apenas aos interesses de uma minoria e o poder de decidir não se restrinja a poucos, como na Ditadura Militar. [6][7]

Em decorrência disso, cabe analisar o papel da escola na inserção dos jovens na política. Por ser extremamente conteudista, voltada a ensinar somente a matéria que é cobrada em provas, a escola está formando alunos passivos diante dos problemas sociais. No campo da política, eles podem ser considerados analfabetos, uma vez que[8] não ouvem, não falam e nem participam dos acontecimentos, sendo este, para o poeta Bertolt Brecht, o pior tipo de analfabeto. Destarte, é preciso mudar essa realidade através[9] da inserção do letramento político nas escolas, tratando a política como uma prática social. Dessa maneira, existe urgência em se fazer um fortalecimento da educação política sob o risco de se fragilizar os avanços sociais tão duramente conquistados após o regime militar.

Portanto, é necessário que o Estado tome providências para reverter o quadro atual. Para conscientização dos jovens brasileiros a respeito do problema, urge que o MEC[10] implante, por meio de modificação na Base Nacional Comum Curricular a disciplina de letramento político – no Ensino Médio, além dos níveis fundamental e infantil – ministrada por professores de política e economia, incluindo palestras abertas à comunidade. Somente assim será dado um passo fundamental para que se repense o futuro da política, criando uma sociedade mais saudável e democrática.[11]

Comentários sobre a correção da redação

Veja os comentários do corretor sobre a redação.

Competência I: demonstrar domínio da norma culta

  • [1] Você deve colocar uma vírgula aqui.
  • [8] Esqueceu-se de inserir uma vírgula.
  • [9] Na linguagem coloquial e até mesmo em jornais e artigos científicos, o “através” é utilizado no sentido de “por meio de”. Entretanto, essa palavra significa “atravessar” e esse uso ainda não está aceito pela norma culta. Há professores que exigirão o uso correto e outros que não, mas, por via das dúvidas, opte por usar “por meio de”, tudo bem?
  • [10] Insira o significado da sigla quando citá-la pela primeira vez no texto. Por exemplo, Ministério da Educação e Cultura (MEC).
  • [13] Esta expressão é coloquial, da ordem da linguagem oral, e não é um registro da linguagem formal escrita. Substitua por “sempre se sobressai na sociedade”. Como estamos usando este termo de modo conotativo, coloque-o entre aspas.

Competência II: compreender a proposta

  • [2] Deve-se evitar o uso de primeira pessoa do plural (nós) neste gênero textual para deixar a construção mais sofisticada. (tem-se)
  • [4] Muito bem! Demonstrou que compreendeu o comando da proposta.
  • [7] Parabéns! Aqui você confirmou sua tese. Não se esqueça de fazer isto em todos os parágrafos.

Competência III: selecionar e relacionar argumentos

  • [3] Muito bem! Estes dados deram credibilidade a seu argumento.
  • [5] Estabeleça relações claras entre as ideias. Isso pode ser feito por meio da coesão e da coerência.
  • [6] Parabéns por apresentar dados que denotam credibilidade ao argumento apresentado.

Competência IV: conhecer os mecanismos linguísticos para a construção da argumentação

  • [12] A articulação de seu texto foi feita de maneira refinada, parabéns!

Competência V: elaborar a proposta de intervenção para o problema

  • [11] Você elabora solução para os problemas apresentados na argumentação e demonstra que compreende quais são os elementos necessários para elaborar uma proposta de intervenção completa. Parabéns!

Comentário final

Na Competência 1, você tem um bom domínio da norma culta da língua, verifique o que foi assinalado como desvio de gramaticalidade e estude estes pontos para evitar cometê-los em suas próximas produções textuais. Na Competência 2, você tem bom domínio da estrutura necessária para elaborar a redação dissertativa. Na Competência 3, você demonstra ter um bom repertório sociocultural, sempre demonstre isso em seus textos. Na Competência 4, você tem um bom domínio dos conectivos para dar coesão ao seu texto. Só tente não repeti-los em seus textos. Na Competência 5, você elaborou uma proposta de redação bem coesa e exequível. Parabéns!

Nota: 960

Para escrever sobre o tema “A participação política do jovem no Brasil contemporâneo” e receber diversos feedbacks, é só escolher um plano da Imaginie e enviar a sua redação para correção. Aproveite!

Utilize o cupom:
BLOGIMAGINIE
e receba 15% de desconto

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Posts relacionados

[Ebook]

7 dicas para dar um gás nos estudos e aprender mais rápido

Está se preparando para o Enem e demais vestibulares e quer saber como aprender mais rápido? Então este ebook foi feito para você. Nele você encontra 7 dicas quentes para dar um gás nos estudos!

[Ebook]

Melhorando o seu Repertório Sociocultural

Quer melhorar o seu repertório sociocultural, mas não tem ideia de como fazer isso? Então este ebook foi feito para você! Nele você vai encontrar várias fontes para enriquecer sua redação!
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.

Imaginie para todos: democratizando o ensino de redação no Brasil

Se você é um aluno de escola pública, agora pode estudar para o Enem de graça com a Imaginie. Conheça melhor o projeto Imaginie para todos!

Calendário do vestibular 2021: Confira as datas dos principais processos

Ficou confuso na hora de pesquisar sobre os vestibulares que quer fazer? Teve dificuldade para encontrar as informações? Achou tudo muito desorganizado? Então este calendário é para você!

[Infográfico gratuito]

O que cai
em cada disciplina do Enem?

Você está perdidinho sobre o que estudar para o Enem? Saiba quais são as matérias mais cobradas em cada disciplina neste infográfico gratuito que preparamos para você!

Mapa mental grátis

Decorar as regras de acentuação gráfica não é uma tarefa fácil, certo? Mas ela se torna um pouco mais simples com um mapa mental!

Plano de estudos para o Enem 2020

Quer um guia para se preparar para o Enem 2020? Baixe o nosso plano de estudos gratuitamente aqui!

Mapa mental grátis

Decorar as regras de acentuação gráfica não é uma tarefa fácil, certo? Mas ela se torna um pouco mais simples com um mapa mental!

Folha de redação guiada: produza um texto nota 1000!

Criamos esse modelo de redação guiada com dicas para você acertar na hora de fazer a sua própria produção textual para o Enem 2020!

Como ter uma rotina de estudos produtiva?

Aprenda técnicas para aprender mais em menos tempo!

Faça seu cadastro para receber nossa Newsletter