Entenda cada etapa do cronograma ProUni

Por: Thiago Lage

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Você com certeza já ouviu falar do ProUni. O Programa Universidade para Todos, criado pelo Governo Federal em 2004 e regulamento pela Lei 11.096/05, tem como objetivo facilitar o acesso à universidade. 

O ProUni concede bolsas integrais ou parciais de estudos para que alunos de baixa renda possam frequentar instituições privadas de ensino superior. Tem interesse em participar do programa? Então confira neste artigo o cronograma ProUni e se prepare para o ano que vem!  

Quem pode participar do ProUni?

O Governo estabelece alguns requisitos básicos para os participantes, sendo o primeiro não ter diploma universitário. Além disso, o candidato deve atender a pelo menos uma das condições abaixo:

  • Ter cursado todo o ensino médio em escola pública (ou, havendo cursado em rede privada integral ou parcialmente, tê-lo feito na condição de bolsista);
  • Ser pessoa com deficiência (PcD);
  • Ser professor efetivo da rede pública buscando um curso de licenciatura.

Além disso, para disputar a bolsa integral (100%), a renda familiar do candidato não pode ultrapassar 1,5 salário mínimo por pessoa. Para uma bolsa parcial (50%), exige-se que a renda máxima da família seja de 3 salários mínimos por pessoa.

Observação: para os professores que buscam um curso de licenciatura, não se aplicam as condições acima de limitação de renda.

Processo seletivo regular e das bolsas remanescentes

O processo seletivo do ProUni é composto por duas fases:

  1. Processo regular
  2. Processo de ocupação das bolsas remanescentes.

Do processo regular podem participar os candidatos que:

  • Participaram da última edição do Enem;
  • Obtiveram nota igual ou superior a 450 pontos;
  • Não zeraram a redação.

Já no processo seletivo para ocupação de vagas remanescentes, está apto a concorrer o candidato que:

  • Seja professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e integrando o quadro de pessoal permanente da instituição pública, e concorra a bolsas em cursos com grau de licenciatura destinados à formação do magistério da educação básica” (redação dada pelo site do Ministério da Educação);

OU

  • Tenha participado de edição do Enem a partir de 2010 e, nela, obtido média total igual ou superior a 450 pontos e nota superior a zero na redação.

Nota de corte

A seleção dos candidatos acontece por meio da nota de obtida no Enem, de acordo com os critérios da instituição de ensino na qual você pleiteia a vaga. 

De maneira muito parecida com as etapas do Sisu, você pode acompanhar a nota de corte que está sendo exigida para cada opção.

O cálculo da nota de corte do ProUni é feito diariamente, com base no total de vagas disponíveis e número de candidatos optando por ela. Não se esqueça de que, durante o período de inscrições, você pode ir mudando suas escolhas — as últimas duas opções selecionadas serão as consideradas no processo seletivo.

Agora que você já sabe os requisitos necessários e como funciona o processo seletivo do programa, confira a seguir todas as etapas do cronograma ProUni. 

Cronograma ProUni: entenda todas as etapas

Para começar, você precisa saber que há duas edições do programa por ano: uma por semestre, coincidindo com os períodos letivos das universidades.

As datas referentes ao próximo ano ainda serão divulgadas. Você pode ficar por dentro das informações assinando a newsletter da Imaginie!



Confira agora cada uma das etapas do cronograma ProUni!

1ª Etapa: Inscrição

A primeira etapa para quem deseja participar do programa é fazer a inscrição, gratuitamente, via internet (site do ProUni).
No momento do cadastro, serão exigidos:

  • CPF do candidato;
  •  Número de inscrição na última edição do Enem;
  • Senha cadastrado no site do Inep, na página do participante.

Após o login, o candidato deverá:

  • Responder a um questionário obrigatório com cinco perguntas;
  • Informar a renda bruta familiar, com os dados pessoais e financeiros de cada um dos membros da família;
  • Escolher até duas opções de instituição, curso e turno

2ª Etapa: Resultado da Primeira Chamada

Terminadas as inscrições, o próximo passo é a divulgação dos candidatos aprovados em primeira chamada

Os alunos são pré-selecionados em apenas uma das opções de curso escolhidas no momento da inscrição. O resultado do processo seletivo também é divulgado no próprio site do ProUni.

É importante ressalvar que algumas instituições de ensino, após a seleção realizada pelo ProUni, optam por ainda efetuar um processo seletivo próprio entre os candidatos aprovados pelo programa. No momento da inscrição, você saberá quais universidades adotam esse método.

Nesses casos, as instituições terão 24 horas após a divulgação do resultado para informar aos candidatos sobre a avaliação.

3ª Etapa: Comprovação das informações da Primeira Chamada

Nesta etapa do cronograma ProUni, os alunos aprovados devem comprovar as informações fornecidas no momento da inscrição. 

Toda a documentação necessária pode ser conferida aqui. Os documentos devem ser levados à instituição de ensino no momento da matrícula. Cada universidade tem um coordenador do ProUni, responsável por acompanhar os procedimentos.

4ª Etapa: Resultado da Segunda Chamada

O resultado da segunda chamada é divulgado após a primeira chamada e o período para comprovação de informações. A divulgação dos pré-aprovados acontece de maneira igual à da 2ª etapa, e tudo pode ser conferido no site do ProUni.

5ª Etapa: Comprovação das informações da Segunda Chamada

Para esta etapa, aplicam-se as mesmas regras pertinentes à comprovação das informações da primeira chamada, sendo também igual a documentação exigida.

6ª Etapa: Adesão à Lista de Espera

Após as duas chamadas, o candidato ainda não aprovado poderá manifestar interesse em participar da Lista de Espera, que será utilizada para preenchimento das bolsas eventualmente vagas. A adesão à Lista de Espera também deverá ser feita pelo site oficial do ProUni.

Poderá concorrer, na Lista de Espera, a uma vaga em sua primeira opção de curso o candidato:

  • Não convocado nas chamadas regulares para a vaga escolhida como primeira opção;
  • Convocado nas chamadas regulares para sua segunda opção, mas reprovado por não formação de turma.

Poderá concorrer, na Lista de Espera, a uma vaga em sua segunda opção de curso o candidato:

  • Não convocado, nas chamadas regulares, para curso que, escolhido como primeira opção, deixou de ocorrer por não formação de turma;
  • Não convocado, nas chamadas regulares, para curso que, escolhido como primeira opção, careceu de bolsas disponíveis;
  • Pré-selecionado em sua primeira opção de curso, mas reprovado por não formação de turma.

7ª Etapa: Divulgação do Resultado da Lista de Espera

Aprovado na Lista de Espera, o candidato deverá comparecer à instituição de ensino para comprovar as informações prestadas na inscrição.

Bolsas remanescentes

As bolsas remanescentes são aquelas que não foram ocupadas durante o processo regular do ProUni. No momento da inscrição no site, você deve se cadastrar no sistema de bolsas remanescentes.

Geralmente, as vagas para bolsas remanescentes são abertas alguns meses após o fim das chamadas regulares e da lista de espera. É importante ficar atento ao cronograma ProUni 2020 quando este for divulgado.

O processo para concessão das bolsas remanescentes é bem mais simples. Além de os requisitos para participar serem diferentes, já listados no início deste artigo, não há nota de corte diária — mas tenha em mente que o número de vagas disponíveis também é consideravelmente menor.

Para conseguir a bolsa remanescente, o candidato só precisará escolhê-la quando ela ainda estiver disponível. Já nesse momento ele ganha uma “expectativa de direito à bolsa”, reserva que será confirmada posteriormente.

No momento seguinte, deve levar a documentação necessária, no prazo estipulado, à instituição de ensino, caso contrário perderá o direito à vaga, que novamente ficará disponível para outros.

A dica para a etapa de bolsas remanescentes é ficar bastante atento ao site, monitorando-o todos os dias; assim você poderá “chegar primeiro” à bolsa que deseja.

Para ficar mais fácil de entender, fizemos uma tabela com as informações que você precisa saber sobre o cronograma ProUni!

Cronograma ProUni
1º Etapa Inscrição
2º Etapa Resultado da Primeira Chamada
3º Etapa Comprovação das informações da Primeira Chamada
4º Etapa Resultado da Segunda Chamada
5º Etapa Comprovação das informações da Segunda Chamada
6º Etapa Adesão à Lista de Espera
7º Etapa Divulgação do Resultado da Lista de Espera
Bolsas remanescentes

 

Como conseguir uma bolsa no ProUni

Para ter êxito em qualquer processo seletivo, a atenção é um dos pontos cruciais. Acompanhe de perto todas as datas e etapas do cronograma ProUni, assim você não corre o risco de perder algo importante!

Confira no site toda a documentação necessária e procure deixá-la preparada de antemão, garantindo que, ao conseguir sua bolsa, você não irá perdê-la ao não entregar os documentos exigidos na instituição de ensino.

Finalmente, deixamos por último o primeiro passo! E você já sabe qual é, certo? Isso mesmo, fazer uma boa prova do Enem. Sua nota no exame será a responsável por uma aprovação!

Como mandar bem na redação

Você sabia que o primeiro critério de desempate no processo seletivo do ProUni é a nota da redação Enem? Tendo isso em mente, e também sabendo que zerar a redação acarreta exclusão automática, você já sabe que deve dar uma atenção especial para garantir a qualidade dos seus textos.

Aqui vão algumas dicas para mandar bem na redação:

1. Leia bastante

A leitura, além de melhorar seu vocabulário e sua escrita, ajuda a desenvolver sua capacidade de argumentação e interpretação de textos.

Gif da personagem Arlequina lendo e bebendo uma xícara de café.

2. Esteja atualizado

Fique atento aos assuntos mais discutidos no momento — ao dissertar sobre o tema escolhido pelo Enem, você com certeza vai preferir estar por dentro dos acontecimentos atuais.

3. Pratique bastante

A prática pode até não levar à perfeição, mas certamente é a maneira mais indicada de se tentar chegar lá. Mas não adianta treinar sozinho, pois dificilmente conseguirá avaliar seus próprios erros. Portanto, a dica é escolher uma plataforma de correção de redações, assim você pode melhorar a partir do feedback de profissionais.

E aí, esclareceu todas as suas dúvidas referentes ao cronograma ProUni?! Então agora você sabe que, para garantir a aprovação no programa, precisa primeiro garantir sua nota no Enem! Para ajudá-lo nisso, confira também nosso artigo sobre como se dar bem no exame!

 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Deixe um comentário

avatar

Posts relacionados

Mapa mental grátis

Decorar as regras de acentuação gráfica não é uma tarefa fácil, certo? Mas ela se torna um pouco mais simples com um mapa mental!

Faça seu cadastro para receber nossa Newsletter